Equipa de Nico Rosberg triunfa na Extreme E

O sueco Johan Kristoffersson e a australiana Molly Taylor, da formação do alemão Nico Rosberg, foram os primeiros a saborear o triunfo nesta nova disciplina automóvel, cujo objectivo passa por promover a mobilidade eléctrica e sensibilizar o público para as questões ambientais.

(auto.look2010@gmail.com)

Nico Rosberg, Molly Taylor e Johan Kristoffersson

A equipa do alemão Nico Rosberg, a Rosberg X Racing, do antigo campeão de Fórmula 1, venceu hoje a primeira prova do novo campeonato Extreme E, competição de todo-o-terreno para carros eléctricos, disputada na Arábia Saudita.

O sueco Johan Kristoffersson e a australiana Molly Taylor bateram o dinamarquês Timmy Hansen e a britânica Catie Munnings, da Andretti United, por 23,73 segundos.

Já o francês Sébastien Loeb, que faz dupla com a piloto espanhola Cristina Gutiérrez, não foram além do terceiro lugar, em representação da equipa do britânico Lewis Hamilton, o actual campeão mundial de Fórmula 1, a 1m38,09s dos vencedores.

Carlos Sainz/Laia Sanz (Accion Sainz XE Team) e Johan Kristoffersson/Molly Taylor (Rosberg X Racing)

Sébastien Loeb e a sua colega de equipa, Cristina Gutiérrez, tiveram problemas de direcção assistida, mas conseguiram chegar ao fim e cortar a linha de chegada em terceiro. Dos não finalistas, a Acciona Sainz XE Team ficou em quarto com Carlos Sainz e Laia Sanz, ao passo que a Hispano Suiza ficou em quinto lugar, depois de Christine Zonca e Oliver Bennett ficarem em segundo na Crazy Race.

Depois da Arábia Saudita, a Extreme E segue para o Senegal, Gronelândia, Amazónia e a Terra do Fogo, na Argentina. O objectivo passa por promover a mobilidade eléctrica e sensibilizar o público para as questões ambientais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *