Enduro Nacional – CFL de visita ao Peso da Régua

As margens do Douro e as suas seculares vinhas receberão a esperada centena e meia de pilotos que vai ter que enfrentar, este fim-de-semana, um percurso com 45 quilómetros desenhados nos concelhos do Peso da Régua, Lamego e Armamar.

(auto.look2010@gmail.com)

Rui Gonçalves

Um mês após a realização da primeira prova do Campeonato Nacional de Enduro – CFL nas areias da Costa Vicentina, pilotos e equipas estão de volta à competição, agora para enfrentarem a sexta edição do Enduro Rota do Douro, prova organizada pelo Clube Natureza Extreme e que será a primeira com dois dias de duração nesta época de 2019.

As margens do Douro e as suas seculares vinhas receberão a esperada centena e meia de pilotos que vai ter que enfrentar um percurso com 45 quilómetros desenhados nos concelhos do Peso da Régua, Lamego e Armamar, sendo que em cada passagem terão que ser igualmente realizadas três especiais cronometradas: Enduro Test (7 quilómetros), Cross Test (3,5 quilómetros), Extreme (1,3 quilómetros), dois Controlos Horários (CH) e uma Zona de Assistência (ZA) no Multiusos, onde estará instalado o Paddock. A CT estará localizada no Clube Caça e Pesca, a EX em São Domingos e a ET em Linha também em São Domingos, sendo devidamente sinalizado o trajecto rodoviário até às mesmas.

Gonçalo Reis

No primeiro dia de competição, sábado (2 de Março), o percurso será percorrido por três vezes pelos pilotos Elite e Open, duas vezes pelos Verdes, Veteranos, Senhoras e Super Veteranos. No domingo (dia 3), o percurso será percorrido quatro vezes para os Elite e Open, três vezes para Verdes, Veteranos e Senhoras e duas vezes para Super Veteranos.

Na ronda de arranque do campeonato foi Rui Gonçalves quem venceu, iniciando o campeonato da mesma forma com que tinha fechado 2018, e nos socalcos da Régua terá que se defender uma concorrência que se prevê ainda mais preparada e desejosa de impor a derrota ao piloto de Vidago.

Gonçalo Reis e Luís Oliveira estiveram com Rui Gonçalves no pódio em Vila Nova de Santo André, veremos agora na Régua quem consegue vencer num fim‑de‑semana onde as duas pontuações em jogo podem significar um novo líder no campeonato ou uma vantagem reforçada para o comandante de um pelotão que deverá contar com cerca de centena e meia de pilotos.

HORÁRIO

1 DE MARÇO (SEXTA-FEIRA)

18h00 – Verificações Documentais, administrativas

19h00 às 21h00 – Verificações Técnicas

2 DE MARÇO (SÁBADO)

8h00 às 10h00 – Verificações administrativas, técnicas e documentais

10h30 – Publicação da Lista de Participantes no Secretariado

11h00 – Partida do 1.º concorrente

17h30 – Afixação de Resultados

3 DE MARÇO (DOMIGO)

8h00 às 9h00 – Verificações administrativas, Técnicas e documentais

9h30 – Publicação da Lista de Participantes no Secretariado

10h00 – Partida do 1.º concorrente

17h30 – Afixação de resultados

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação