Edoardo Mortara vence pela terceira vez

 O quinto E-Prix de Marraquexe realizou-se no Circuito de Moulay El Hassan, sob temperaturas quentes e piso seco, condições que se mostraram favoráveis à DS Techeetah e António Félix da Costa, com a conquista de um 2.º lugar, terminando Jean-Éric Vergne na 4.ª posição.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

O suíço Edoardo Mortara (Venturi) averbou a terceira vitória do ano e regressou ao comando do campeonato, com 11 pontos de avanço sobre o francês Jean-Eric Vergne (DS), que foi quarto.

O português António Félix da Costa (DS), que arrancou da “pole”, terminou em segundo, naquela que foi a sua primeira deslocação ao pódio esta temporada e subiu para o sexto lugar do campeonato, depois de uma corrida condicionada pela necessidade de ajudar o francês na luta pelo título e pelo “toque” que o inglês Oliver Rowland (Mahindra), que o atrasou e impediu de manter a perseguição ao suíço.

O português chegou a descer para terceiro, por troca com o francês, mas como Jean-Eric Vergne não conseguiu aproximar-se de Edoardo Mortara, a troca foi desfeita, talvez tarde demais, para António Félix da Costa tentar chegar à vitória e roubar pontos do piloto da Venturi, mas este defendeu-se e garantiu o triunfo.

A táctica da DS acabaria por não resultar, por nas derradeiras voltas, Jean-Eric Vergne não ter resistido ao ataque do neo-zelandês Mitch Evans (Jaguar) que completou o pódio.

Contudo em termos de campeonato de equipas, a DS ascendeu ao segundo lugar e ficou a escassos dois pontos da Venturi, com a Mercedes, que viu os seus pilotos fazerem uma corrida de recuperação, depois de uma má qualificação, a descer para o terceiro lugar, a sete pontos da Venturi.

CLASSIFICAÇÕES

Corrida – 1.º, Edoardo Mortara (Venturi), 34 voltas (101,014 km), em 46’45,410”; 2.º, António Félix da Costa (DS), a 2,297”; 3.º, Mitch Evans (Jaguar), a 6,270”; 4.º, Jean-Eric Vergne (DS), a 6,965”; 5.º, Lucas Di Grassi (Venturi), a 7,787”; 6.º, Nyck De Vries (Mercedes), a 8,394”; 7.º, Jack Dennis (Andretti), a 12,084”; 8.º, Stoffel Vandoorne (Mercedes), a 14,541”; 9.º, Sam Bird (Jaguar), a 15,048”; 10.º, Oliver Rowland (Mahindra), a 15,270”. Classificaram-se mais 10 pilotos

CAMPEONATOS

PILOTOS – 1.º, Edoardo Mortara, 139 pontos; 2.º, Jean-Eric Vergne, 128; 3.º, Stoffel Vandoorne, 125; 4.º, Mitch Evans, 124; 5.º, Robin Frijns, 81; 6.º, António Félix da Costa, 75; 7.º, Nyck De Vries, 73; 8.º, Lucas Di Grassi, 66; 9.º, André Lotterer, 59; 10.º, Pascal Werhlein, 55; 11.º, Jake Dennis, 42; 12.º, Sam Bird, 32; 13.º, Nick Cassidy, 16; 14.º, Oliver Rowland, 11; 15.º, Sébastien Buemi, 11; 16.º, Oliver Turvey, 6; 17.º, Oliver Askew, 2; 18.º, Max Gunther, 2; 19.º, Alexander Sims, 2; 20.º, Dan Ticktum, 1

EQUIPAS – 1.º, Rokit Venturi Racing, 205 pontos; 2.º, DS Techeetah, 203; 3.º, Mercedes-EQ Formula E Team, 198 pontos; 4.º, Jaguar TCS Racing, 156; 5.º, TAG Heuer Porsche Formula E Team, 114; 6.º, Envision Racing, 97; 7.º, Avalanche Andretti Formula E, 44; 8.º, Mahindra Racing, 13; 9.º, Nissan E Dams, 13; 10.º, Nio 333 FE Team, 7

Próxima prova – Nova Iorque, dia 16 de Julho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.