E vão cinco trunfos em sete para Kalle Rovanpera

O piloto finlandês venceu hoje o Rali da Estónia, sétima prova do Campeonato do Mundo, e aumentou a vantagem no Mundial de pilotos. Rovanperä terminou os 24 troços com o tempo de 2h54m29s, deixando o segundo classificado, o britânico Elfyn Evans em segundo lugar, a 1m00,9s, e o estónio Ott Tänak em terceiro, a 1m55,7s.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

O jovem finlandês Kalle Rovanpera (Toyota GR Yaris Rally1) passou mais um “atestado de incompetência” à concorrência ao vencer o Rali da Estónia, naquela que é a sua quinta vitória, em sete provas da temporada, igualando os sete triunfos mundiais dos franceses Bernard Darniche e Gilles Panizzi e o italiano Sandro Munari.

Em termos de marcas, com esta vitória a Toyota (74) isolou-se no derradeiro lugar do pódio, que dividia com a Lancia (73), com Citroen (102) e Ford (92) a ocuparem as duas primeiras posições.

A história repete-se em cada rali, com Kalle Rovanpera a abrir a estrada no primeiro dia, a minorar o prejuízo, para nos dias seguintes, beneficiando de uma melhor posição na estrada “voar” para a vitória, sem que os seus adversários consigam reagir.

Fica a sensação que a concorrência está de tal forma convencida da eficácia do finlandês, que, mesmo antes da partida, já abdicou da luta pela vitória, na qual se envolvem enquanto o piloto da marca japonesa não passa para a frente para, a partir daí, lutarem pelos restantes lugares do pódio.

E para se ter uma ideia da superioridade que Kalle Rovanpera tem exercido basta sublinhar que o finlandês dispõe de 83 pontos de avanço sobre o belga Thierry Neuville (Hyundai i20 N Rally1), quando há 150 em jogo, nas cinco provas que faltam efectuar, ficando a dúvida de saber onde é que o finlandês assegura a conquista do título.

E para se ter uma ideia da superioridade do piloto da Toyota, basta dizer que, com a vitória na mão, nos 15,95 km da “Power Stage” “deu” 22,5” ao inglês Elfyn Evans (Toyota GR Yaris Rally1), que foi segundo, 40,2” ao estónio Ott Tanak (Hyundai i20 N Rally1), que completou o pódio do rali, e mais de um minuto ao belga Thierry Neuville (Hyundai i02 N Rally1).

As diferenças podem ser explicadas pelas diferentes condições de aderência, fruto da chuva que caiu com maior ou menor intensidade durante a sua realização, o que permitiu ao norueguês Andreas Mikkelsen (Skoda Fania Rally2 Evo), que o primeiro a entrar em acção, estar no topo da tabela de tempos.

Um cenário que permaneceu até à entrada em acção do inglês e do finlandês, com o norueguês, que garantiu o triunfo entre os RC2, a estar muito perto de arrecadar os cinco pontos para o vencedor da derradeira especial da prova.

O derradeiro dia da prova estónio foi penoso para a Ford que perdeu o francês Pierre-Louis Loubet (Ford Puma Rally1), com problemas de suspensão, logo na primeira especial do dia, em consequência de um “toque” numa pedra, e o inglês Gus Greensmith (Ford Puma Rally1), duas classificativas depois, com problemas de transmissão.

FICHA DA PROVA

Prova – Rally Estonia

Data – 14/17 de Julho

Organizador – Estonian Autosport Events MTU

Estrutura – 1 486,77 km divididos por quatro: Tartu – Tartu (5,05 km); Tartu – Tartu (620,04 km); Tartu – Tartu (455,41 km); Tartu – Tartu (406,27 km)

PC – 24 (1 + 8 + 9 + 6)

Extensão das PC – 313,84 km (1,66 km + 139,18 km + 95,02 km + 77,98 km)

Percentagem das PC – 21,10 %

Inscritos – 43 (11 RC1, 21 RC2, 8 RC3, 3 RC4)

Participantes – 42 (11 RC1, 20 RC2, 8 RC3, 3 RC4)

Classificados – 33 (9 RC1, 15 RC2, 7 RC3, 2 RC4)

Comandantes sucessivos

Absoluto – Craig Breen, na 1.ª PC; Elfyn Evans, da 2.ª à 8.ª PC; Kalle Rovampera, 9.ª à 24.ª PC

RC1 – Craig Breen, na 1.ª PC; Elfyn Evans, da 2.ª à 8.ª PC; Kalle Rovampera, 9.ª à 24.ª PC

RC2 – Jari Huttunen, na 1.ª PC; Andreas Mikkelsen, na 2.ª PC; Egon Kaur, na 3.ª PC; Emil Lindholm, na 4.ª e 5.ª PC; Andreas Mikkelsen, na 6.ª PC; Emil Lindholm, na 7.ª PC; Andreas Mikkelsen, da 8.ª à 24.ª PC

RC3 – Luari Joona, na 1.ª PC; Robert Virves, da 2.ª à 5.ª PC; Sami Pajari, da 6.ªà 24.ª PC

RC4 – Karl-Markus Sei, da 1.ª à 5.ª PC; Patrick Enok, da 6.ª à 24.ª PC

Vencedores

Absoluto – Kalle Rovampera/Jonne Haltunen (Toyota Yaris WRC)

RC1 – Kalle Rovampera/Jonne Haltunen (Toyota Yaris WRC)

RC2 – Andreas Mikkelsen/Torstein Eriksen (Skoda Fabia Rally2 Evo)

RC3 – Sami Pajari/Enni Malkonen (Ford Fiesta Rally3)

RC4 – Patrick Enok/Rauno Rohtmets (Ford Fiesta Rally4)

CLASSIFICAÇÃO

POS. EQUIPA CARRO TEMPO
1.º Kalle Rovampera/Jonne Halttunen Toyota GR Yaris Rally1 2.54’29,0″
2.º Elfyn Evans/Scott Martin Toyota GR Yaris Rally1 a 1’00,9″
3.º Ott Tanak/Martin Jarveoja Hyundai i20 N Rally1 a 1’55,7″
4.º Thierry Neuville/Martijn Wydaeghe Hyundai i20 N Rally1 a 3’53,3″
5.º Takamoto Katsuta/Aaron Johnston Toyota GR Yaris Rally1 a 4’13,4″
6.º Esapekka Lappi/Janne Ferm Toyota GR Yaris Rally1 a 4’49,1″
7.º Adrien Fourmaux/Alexandre Coria Ford Puma Rally1 a 5’09,2″
8.º Andreas Mikkelsen/Torstein Eriksen Skoda Fabia Evo Rally2 a 11’01,8″
9.º Teemu Suninen/Mikko Markkula Hyundai i20 N Rally2 a 11’27,1″
10.º Emil Lindholm/Reeta Hamalainen Skoda Fabia Evo Rally2 a 13’04,8″

OS MAIS RÁPIDOS

1.º 2.º 3.º 4.º 5.º 6.º
Kalle Rovampera 14 5 2 0 2 0
Elfyn Evans 6 10 4 1 0 1
Esappeka Lappi 2 0 1 10 2 5
Ott Tanak 1 4 11 2 2 1
Adrien Fourmaux 1 1 2 1 0 0
Craig Breen 1 0 1 4 2 3
Oliver Solberg 0 2 1 1 1 0
Thierry Neuville 0 1 0 3 8 4
Takamoto Katsuta 0 0 2 0 5 6
Andreas Mikkelsen 0 0 1 0 0 0
Gus Greensmith 0 0 0 1 0 0
Pierre-Louis Loubet 0 0 0 0 1 1
Marco Bulacia Wilkinson 0 0 0 0 0 1

CLASSIFICAÇÕES DOS CAMPEONATOS

PILOTOS – 1.º Kalle Rovampera, 175 pontos; 2.º, Thierry Neuville, 92; 3.º, Elfyn Evans, 79; 4.º, Ott Tanak, 77; 5.º, Takamoto Katsuta, 73; 6.º, Craig Breen, 60; 7.º, Sébastien Loeb, 35; 8.º, Dani Sordo, 34; 9.º, Sébastien Ogier, 34; 10.º, Gus Greensmith, 28; 1.º, Esapekka Lappi, 27; 12.º, Andreas Mikkelsen,19; 13.º, Pierre-Louis Loubet, 18; 14.º, Oliver Solberg, 9; 14.º, Adrien Fourmaux, 9; 16.º, Yohan Rossel, 7; 17.º, Jourdan Serderidis, 6; 17.º, Kajetan Kajetanowicz, 6; 17.º, Nikolay Gryazin, 6; 20.º, Ole Christian Veiby, 4; 20.º, Emil Lindholm, 4; 22.º, Jari Huttunen, 3; 23.º, Erik Cais, 2; 23.º, Jan Solans, 2; 23.º, Teemu Suninen, 26.º, Egon Kaur, 1

NAVEGADORES – 1.º Jonne Halttunen, 175 pontos; 2.º, Martijn Wydaeghe, 92; 3.º, Scott Martin, 79; 4.º, Ott Tanak, 77; 5.º, Aaron Johnston, 73; 6.º, Paul Nagle, 60; 7.º, Isabelle Gamiche, 35; 8.º, Cândido Carrera, 34; 9.º, Benjamin Veillas, 34; 10.º, Jonas Andersson, 28; 11.º, Janne Ferm, 27; 12.º, Torstein Eriksen,19; 13.º, Vincent Landais, 18; 14.º, Elliott Edmondson, 9; 14.º, Alexandre Coria, 9; 16.º, Valentin Sarreaud, 7; 17.º, Maciej Szczepaniak, 6; 17.º, Konstantin Aleksandrov, 6; 17.º, Frédéric Miclotte, 6; 20.º, Stig Rune Skjaermoen, 4; 20.º, Reeta Hamalainen, 4; 22.º, Mikko Lukka, 3; 23.º, Petr Tesinsky, 2; 23.º, Rodrigo Sanjuan, 2; 23.º, Mikko Markkula, 2; 26.º, Silver Simm, 1

MARCAS – 1.º, Toyota Gazoo Racing World Rally Team, 298 pontos; 2.º, Hyundai Shell Mobis World Rally Team, 211; 3.º, M-Sport Ford World Rally Team, 157; 4.º, Toyota Gazoo Racing World Rally Team NG, 80.

Próxima prova – Secto Rally Finland, de 4 a 7 de Agosto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.