Duelo Ducati-Yamaha está a agitar Le Mans

O convencional traçado de Le Mans é o próximo ponto de encontro do “Mundial” de Motos com o italiano Francesco Bagnaia (Ducati), MotoGP, o australiano Remy Gardner (Kalex), Moto2, e o espanhol Pedro Acosta (KTM), Moto3, a defenderem o comando dos respectivos campeonatos.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

A “jogar em casa”, o francês Fabio Quartararo (Yamaha), que perdeu a corrida de Jerez, por ter ficado sem pneus, depois de a ter comandado de forma clara, quererá vingar a derrota sofrida no traçado andaluz e regressar ao comando do campeonato.

A luta no campeonato de MotoGP tem sido intensa como o demonstra o facto de termos tido três mudanças no comando da competição, com o espanhol Maverick Viñales (Yamaha) a ser o primeiro comandante, como consequência da vitória no Qatar, Fábio Quartaro a assumir o comando na corrida de Doha e a mantê-lo em Portugal, e Francesco Bagnaia a passar para a frente em Jerez, com dois pontos de vantagem sobre o piloto da marca dos três diapasões.

As Ducati e Yamaha têm dominado a temporada, com os seus pilotos a ocuparem seis dos oito primeiros lugares do campeonato, com o espanhol Joan Mir (Suzuki), detentor do título, em quarto, e o seu compatriota Aleix Espargaro (Aprilia), em sétimo, a serem os intrusos no duelo ítalo-nipónico.

Honda, que continua a sofrer a “ausência” do espanhol Marc Marquez que, apesar de ter regressado às pistas, ainda não tem condições físicas para estar na luta pelas primeiras posições, e KTM, têm estado longe da concorrência, como o demonstra o facto do melhor piloto da marca austríaca, o sul-africano Brad Binder, ser 10.º à frente do japonês Takaaki Nakagami, o melhor do construtor japonês.

As dificuldades da KTM em conseguir tirar todo o partido dos pneus, tem levado a uma presença discreta do português Miguel Oliveira, que o melhor que conseguiu foi o 11.º lugar na corrida espanhola e que é 17.º do campeonato, a 12 pontos do seu colega de equipa e a 57 de Francesco Bagnaia.

Apesar de não ter ganho nenhuma das quatro corridas efectuadas, o australiano Remy Gardner (Kalex) chega a Le Mans no comando do campeonato de Moto2 fruto da sua regularidade, que já lhe permitiu terminar duas vezes em segundo, uma em terceiro e outra em quarto.

O equilíbrio tem sido a nota dominante da competição com o inglês Sam Lowes (Kalex), vencedor das duas primeiras corridas, a ocupar a segunda posição a três pontos do australiano e com igual vantagem sobre o espanhol Raul Fernandez (Kalex), que ganhou em Portimão.

A sensação da temporada vem das corrida de Moto3, onde o jovem espanhol Pedro Acosta (KTM), vencedor de três vitórias em quatro corridas, entra na história do “Mundial” ao ser o primeiro “rookie” a ir ao pódio das quatro corridas de abertura, o que lhe permite ter, já, mais de cinquenta pontos de avanço sobre o seu mais directo perseguidor, o italiano Niccolò Antonelli (KTM), o que significa que, mesmo que fique a zero, nas próximas duas corridas, não perderá o comando do campeonato.

E a maior demonstração do seu talento vem do facto de, mesmo quando parte no meio do pelotão, depressa chegar aos primeiros lugares para, na altura certa, fazer as ultrapassagens que o levam à vitória. Veremos se isso se repete no traçado francês.

CLASSIFICAÇÕES DOS CAMPEONATOS

PILOTOS

MotoGP – 1.º, Francesco Bagnaia, 66 pontos; 2.º, Fábio Quartararo, 64; 3.º, Maverick Viñales, 50; 4.º, Joan Mir, 49; 5.º, Johann Zarco, 48; 6.º, Jack Miller, 39; 7.º, Aleix Espargaro, 35; 8.º, Franco Morbidelli, 33, 9.º, Alex Rins, 23; 10.º, Brad Binder, 21; …; 17.º, Miguel Oliveira, 9. Estão classificados mais seis pilotos

Moto2 – 1.º, Remy Gardner, 69 pontos; 2.º, Sam Lowes, 66; 3.º, Raul Fernandez, 63; 4.º, Marco Bezzecchi, 56; 5.º, Fábio Di Giannantonio, 52; 6.º, Joe Roberts, 31; 7.º, Aron Canet, 30; 8.º, Xavi Vierge, 26; 9.º, Augusto Fernandez, 23; 10.º, Ai Ogura, 20. Estão classificados mais 14 pilotos

Moto3 – 1.º, Pedro Acosta, 95 pontos; 2.º, Niccolò Antonelli, 44; 3.º, Andrea Migno, 42; 4.º, Romano Fenati, 40; 5.º, Jaume Masia, 39; 6.º, Darryn Binder, 36; 7.º, Ayumu Sasaki, 33; 8.º, Gabriel Rodrigo, 25; 9.º, Sérgio Garcia, 24; 10.º, Izan Guevaram 24. Estão classificados mais 13 pilotos.

MotoE – 1.º, Alessandro Zaccone, 25 pontos; 2.º Dominique Aegerter, 20; 3.º, Jordi Torres, 16; 4.º, Mattia Casadei, 13; 5.º, Miguel Pons, 11; 6.º, Matteo Ferrari, 10; 7.º, Hikari Okubo, 9; 8.º, Andrea Mantovani,8; 9.º, Maria Herrera (Energica), 7; 10.º, Yonny Hernandez, 6; …; 12.º André Pires, 4; Estão classificados mais dois pilotos

CONSTRUTORES

MotoGP – 1.º, Yamaha, 91 pontos; 2.º, Ducati, 85; 3.º, Suzuki, 53; 4.º, Aprilia, 35; 5.º, Honda, 33; 6.º, KTM, 27

Moto2 – 1.º, Kalex, 100 pontos; 2.º, Boscoscuro, 36; 3.º, MV Agusta, 4

Moto3 – 1.º KTM, 100 pontos; 2.º, Honda, 72; 3.º, Husqvarna, 40; 3.º, Gasgas, 36

EQUIPAS

MotoGP – 1.º, Monster Energy Yamaha MotoGP, 114 pontos; 2.º, Ducati Lenovo Team, 105; 3.º, Team Suzuki Ecstar, 72; 4.º, Pramac Racing, 65; 5.º, Repsol Honda Team, 40; 6.º, Petronas Yamaha SRT, 37; 7.º, Aprilia Racing Team Gresini, 37; 8.º, Red Bull KTM Factory Racing, 30; 9.º, LCR Honda, 27;

10.º, Esponsorama Racing, 22; 11.º, Tech3 KTM Factory Racing, 7

Moto2 – 1.º, Red Bull KTM Ajo, 132 pontos; 2.º, ELF Marc VDS Racing Team, 89; 3.º, Sky Racing Team VR46, 69; 4.º, Federal Oil Gresini Moto2, 52; 5.º, Italtrans Racing Team, 37; 6.º, Petronas Sprinta Racing, 35; 7.º, Inde Aspar Team, 34; 8.º, Liqui Moly Intact GP; 25; 9.º, Idemitsu Honda Team Asia, 20; 10.º, Flexbox HR40, 19; 11.º, American Racing, 18; 12.º, Pertamina Mandalika SAG Team, 13; 14.º, Lightech Speed Up, 13; 15.º, MV Agusta Forward Racing, 4

Moto3 – 1.º, Red Bull KTM Ajo, 134 pontos; 2.º, Avintia Esponsorama Moto3, 58; 3.º, Rivacold Snipers Team, 52; 4.º, Solunion Gasgas Aspar Team, 48; 5.º, Carexpert Pruestel GP, 46; 6.º, Indonesian Racing Gresini Moto3, 43; 7.º, Sterilgarda Garda Max Racing Team, 40; 8.º Petronas Sprinta Racing, 36; 9.º, Red Bull KTM Tech3, 34; 10.º, Leopard Racing, 27; 11.º, CIP Green Power, 21; 12.º, SIC58 Squadra Corse, 12; 13.º, Boe Owlride, 6; 14.º, Honda Team Ásia, 3.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *