Ducati monopolizou a primeira linha em Aragón

O piloto português Miguel Oliveira (KTM) vai partir da 11.ª posição para o Grande Prémio (GP) de Aragão de MotoGP, em Espanha, após a qualificação de hoje da 15.ª prova do Mundial de velocidade em motociclismo.

PEDRO RORIZ E CARLOS SOUSA (auto.look2010@gmail.com)

Francesco Bagnaia (Ducati)

Sem surpresa, a Ducati monopolizou a primeira linha da grelha de partida de MotoGP, com o italiano Francesco Bagnaia (Ducati), vencedor das últimas quatro corridas, a garantir a “pole position”, à frente do australiano Jack Miller (Ducati), o mais rápido na sessão da manhã, e do seu compatriota Enea Bastianini (Ducati).

O espanhol Aleix Espargaro (Aprilia) foi o primeiro a intrometer-se entre as Ducati, já que o francês Johann Zarco (Ducati) registou o quinto tempo, à frente do comandante do campeonato, o seu compatriota Fabio Quaratararo (Yamaha), com a particularidade dos pilotos da Aprilia e da Ducati terem tido de passar pela Q1.

Apesar de terem garantido a entrada directa na Q2, um facto assinalável, os dois pilotos da KTM, o sul-africano Brad Binder (KTM) e o português Miguel Oliveira (KTM), só conseguiram deixar para trás o japonês Takaaki Nakagami (Honda), com quem partilham a quarta linha da grelha.

Miguel Oliveira (KTM)

Miguel Oliveira conseguiu o 11º melhor tempo na sessão de qualificação 2, para a qual ficou apurado ao início da manhã, logo na FP3, quando assinou a sétima melhor marca da sessão. Mostrou o seu surpreendente ritmo de corrida na FP4, treino que liderou categoricamente do início ao fim e, na sessão de tempos cronometrados, conseguiu qualificar-se para sair da quarta linha, para aquela que será a 15ª corrida da temporada, que este fim de semana se realiza em Aragão, Espanha.

Ao início da manhã, naquela que foi a terceira sessão de treinos livres do fim de semana, bastante ventosa, Miguel Oliveira conseguiu melhorar a sua marca do dia anterior, fixando o seu melhor tempo na sétima posição, nos 1m47s224, a apenas mais 0,232 segundos que o melhor tempo desta sessão.

O piloto de Almada conseguiu rodar 18 voltas, tendo sido a 16ª a sua melhor ‘crono’, quando já estava com pneus médio-macio, à frente e atrás, respetivamente – algo que no dia anterior tinha manifestado querer continuar a experimentar.

Por sua vez o espanhol Joan Mir (Suzuki) vítima de uma queda, no Red Bull Ring, de que resultou a fractura do tornozelo direito, o que implicou a ausência em Misano, esteve presente no traçado espanhol mas, depois das três sessões de treinos livres, optou por não alinhar, o mesmo sucedendo, na próxima semana, no Japão, com a esperança de poder regressar na Tailândia, daqui a 15 dias.

Ao ser o único a chegar ao segundo “51” na qualificação de Moto2 o espanhol Augusto Fernandez (Kalex) manteve o domínio dos pilotos locais e garantiu a primeira posição da grelha, com o seu compatriota Albert Arenas (Kalex) e o inglês Jake Dixon (Kalex) a completarem a primeira linha, à frente de uma segunda linha toda espanhola formada por Alonso Lopez (Boscoscuro) Aron Canet (Kalex) e Pedro Acosta (Kalex).

Comandante do campeonato de Moto3 o espanhol Izan Guevera (GasGas) foi o mais rápido na qualificação, impondo-se ao japonês Ayumu Sasaki (Husqvarna) e do seu compatriota Daniel Holgado (KTM), com quem partilha a primeira linha da grelha, com os dois primeiros a serem os únicos que chegaram ao segundo “57”.

O espanhol Sergio Garcia (GasGas), que discute o título com Izan Guevara (GasGas), vai largar da 12.ª posição, o que o vai obrigar a uma corrida de recuperação para não perder mais pontos para o seu colega de equipa.

TEMPOS DOS TREINOS

MOTOGP1.ª linha: Francesco Bagnaia (Ducati), 1’46,069”; Jack Miller (Ducati), 1’46,159”; Enea Bastianini (Ducati), 1’46,313”; 2.ª linha: Aleix Espargaro (Aprilia), 1’46,590”; Johann Zarco (Ducati), 1’46,646”;  Fabio Quartararo (Yamaha), 1’46,802”; 3.ª linha: Marco Bezzecchi (Ducati), 1’46,852”; Jorge Martin (Ducati), 1’46,911”; Alex Rins (Suzuki), 1’46,912”; 4.ª linha: Brad Binder (KTM), 1’46,924”; Miguel Oliveira (KTM), 1’47,183”; Takaaki Nakagami (Honda), 1’47,274”. Alinham mais 11 pilotos.

MOTO21.ª linha: Augusto Fernandez (Kalex), 1’51,888”; Albert Arenas (Kalex), 1’52,012”; Jake Dixon (Kalex), 1’52,179”; 2.ª linha: Alonso Lopez (Boscoscuro), 1’52,270”; Aron Canet (Kalex), 1’52,274”; Pedro Acosta (Kalex), 1’52,270”; 3.ª linha: Tony Arbolino (Kalex), 1’52,289”; Ai Ogura (Kalex), 1’52,397; Somkiat Chantra (Kalex), 1’52.475”. Alinham mais 21 pilotos.

MOTO31.ª linha: Izan Guevara (GasGas), 1’57,868”; Ayumu Sasaki (Husqvarna), 1’57,963”; Daniel Holgado (KTM), 1’58,037”; 2.ª linha: Tatsuki Suzuki (Honda), 1’58,271”; John McPhee (Husqvarna), 1’58,296”; Dennis Foggia (Honda), 1’58,363”; 3.ª linha: Ivan Ortolá (KTM), 1’58,404”; Jaume Masia (KTM); 1’58,407”; Stefano Nepa (KTM); 1’58,548”. Alinham mais 22 pilotos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.