Domínio matinal de Elfin Evans na Estónia

O segundo dia do Rali da Estónia abriu com a mais extensa classificativa do rali (24,35 km) e Elfyn Evans (Toyota GR Yaris Rally1), sexto na estrada, aproveitou para ascender ao comando.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

O piloto inglês aproveitou as restantes três especiais da manhã para cimentar a posição de comandante no Rali da Estónia e regressar ao Parque de Assistência com 12,5 de avanço sobre o estónio Ott Tanak (Hyundai i20 N Rally1). O estónio, que ontem, na super-especial de abertura se tinha queixado da perda de potência do motor, voltou hoje de manhã a lamentar do mesmo problema, mas a situação parece ter evoluído e ascendeu ao segundo lugar.

Ott Tanak ficou à frente do finlandês Kalle Rovanpera (Toyota GR Yaris Rally1) que, apesar de abrir estrada, só cedeu 18,7 segundos ao inglês, o que o coloca numa boa posição para, a partir de amanhã, repetir o que fez em Portugal e no Quénia, onde, apesar de abrir a estrada, venceu.

Diz-se que não há campeões sem sorte e isso pode aplicar-se ao finlandês, que, logo na primeira prova de classificação do dia, bateu numa pedra, mas teve a sorte de não furar, o que lhe permite manter uma diferença de tempo anulável no que segue.

O bom começo do irlandês Criag Breen (Ford Puma Rally1), o mais rápido na Super Especial que abriu a prova, terminou na quarta especial, em consequência de uma saída de estrada, quando era quarto a 14,2” do piloto da Toyota.

Bem diferente tem sido a luta entre os RC2, com constantes mudanças de comando. O finlandês Temmu Suninen (Hyundai i20 N Rally2) foi o primeiro a manter a posição, a terminar a primeira volta pelas quatro especiais do dia no comando, com 4,3 segundos de vantagem sobre o norueguês Andreas Mikkelsen (Skoda Fabia Rall2 Evo), depois do seu compatriota Jari Huttunen (Ford Fiesta Rally2), o norueguês, o estónio Egon Kaur (VW Polo GTi R5) o terem antecedido no comando da categoria.

Classificação após quatro especiais – 1.º, Elfyn Evans/Scott Martin (Toyota GR Yaris Rally1), 38’36,1”; 2.º, Ott Tanak/Martin Jarveoja (Hyundai i20 N Rally1), a 12,5”; 3.º, Kalle Rovanpera/Jonne Halttunen (Toyota GR Yaris Rally1), a 18,7”; 4.º, Thierry Neuville/Martijn Wyndaeghe (Hyundai i20 N Rally1), a 41,0”; 5.º, Esapekka Lappi/Janne Ferm (Toyota GR Yaris Rally1), a 43,6”; 6.º, Adrien Fourmaux/Alexandre Coria (Ford Puma Rally1), a 1 04,8”; 7.º, Takamoto Katsuta/Aaron Jonhston (Toyota GR Yaris Rally1), a 1’06,6”; 8.º, Gus Greensmith/Jonas Andersson (Ford Puma Rally1), a 1’09,4”; 9.º, Pierre-Louis Loubet/Vincent Landais (Ford Puma Rally1), a 1’11,2”; 10.º, Oliver Solberg/Elliott Edmondson (Hyundai i20 N Rally1), a 1’35,8”; 11.º, Teemu Suninen/Mikko Markkula (Hyundai i20 N Rally2), a 2’28,4” (1.º RC2).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.