Domínio holandês no traçado de Duriyah

Robin Frijns conduziu o Virgin ao melhor tempo na terceira sessão de treinos para a segunda corrida de Fórmula E, em Diriyah, na Arábia Saudra. Já o português António Félix da Costa (DS Techeetah) quedou-se pelo 5.º melhor registo.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

O holandês Robin Frijns (Virgin) foi o mais rápido na sessão de treinos livres, mantendo o domínio dos pilotos holandeses depois, de ontem, ter sido o seu compatriota, Nyck De Vries (Mercedes), segundo mais rápido hoje, ter ocupado, de forma permanente, o topo da tabela de tempos.

Boas indicações dadas pela Virgin, que viu o neo-zelandês Nick Cassidy (VirginI), um dos “rookies”, registar o terceiro tempo. O português António Félix da Costa (DS Techeetah) chegou a ocupar o primeiro lugar, mas terminou a sessão em quinto, atrás do inglês Oliver Rowland (Nissan).

 

A sessão ficou marcada pelos despistes do alemão André Lotterer (Porsche) e do suíço Edoardo Mortara (Venturi), sendo de estranhar a saída de pista do helvético, já depois de terminado o treino, onde averbou o sexto tempo quando ensaiava o arranque.

O carro saiu a direito para o muro sem que se tivesse percebido o que sucedeu e os estragos provocados nos dois carros podem impedir os pilotos de participar na qualificação caso as respectivas equipas não tenham tempo para os reparar.

MELHORES TEMPOS DA SESSÃO DE TREINO

Robin Frijns (Virgin), 1’07,294; Nyck De Vries (Mercedes), 1’07,440”; Nick Cassidy (Virgin), 1’07,449’’; Oliver Rowland (Nissan), 1’07,452”; António Félix da Costa (DS), 1’07,482’’; Edoardo Mortara (Venturi), 1’07,548”; Stoffel Vandoorne (Mercedes), 1’07,562”; Sébastien Buemi (Nissan), 1’07,749”; Sam Bird (Jaguar), 1’07,778”; Lucas Di Grassi (Audi), 1’07,884”. Treinaram mais 14 pilotos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *