Domínio da Ducati de Jack Miller

O piloto português Miguel Oliveira (KTM) concluiu hoje na 13.ª posição os primeiros treinos livres para o Grande Prémio da Europa de MotoGP, 12.ª prova da temporada.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Mais rápido na primeira sessão de treinos, que decorreu com o asfalto molhado, o australiano Jack Miller (Ducati) voltou a colocar-se no topo da tabela de tempos, desta feita à frente do espanhol Aleix Espargaro (Aprilia) e o italiano Franco Morbidelli (Yamaha), com o asfalto seco a contribuir para uma clara evolução dos tempos

O português Miguel Oliveira (KTM), que tinha feito o oitavo tempo na sessão matinal, esteve na luta pelos primeiros lugares, chegou a estar no primeiro lugar, mas, na sua última saída para a pista, o português colocou-se no sétimo lugar, mas aqueles que vinham atrás de si, nessa derradeira volta, relegaram-no para o 13.º lugar, no conjunto das duas sessões, enquanto o espanhol Pol Espargaro (KTM), piloto oficial da marca austríaca, registava a sexta marca, atrás, ainda, do espanhol Alex Rins (Suzuki).

De assinalar que o espanhol Maverick Viñales (Yamaha), qualquer que seja o lugar alcançado na qualificação, irá partir da via das “boxes”, por ir utilizar o seis motor, ultrapassando o limite máximo que é de cinco.

Em Moto2, desta feita foi o italiano Enea Bastianini (Kalex) a colocar-se no topo da tabela de tempos, à frente do inglês Sam Lowes (Kalex) e do americano Joe Roberts (Kalex), com o asfalto seco a permitir uma melhoria de tempos da ordem dos 12/13 segundos de uma sessão para a outra.

Sendo os primeiros a entrar em acção na sessão da tarde os pilotos de Moto3 encontraram o asfalto ainda húmido, com o italiano Celestino Vietti (KTM) a ser o mais rápido, à frente do espanhol Sérgio Garcia (Honda) e do seu compatriota Romano Fenati (Husqvarna), sendo aqueles que menos tempo ganharam em relação à sessão matinal

MELHORES TEMPOS

MotoGP – Jack Miller (Ducati), 1’32,520”; Aleix Espargaro (Aprilia), 1’32,620”; Fábio Morbidelli (Yamaha), 1’32,804”; Takaaki Nakagami (Honda), 1’32,866”; Pol Espargaro (KTM), 1’32,952”; Alex Rins (Suzuki), 1’33,157”; Brad Binder (KTM), 1’33,259”; Andrea Dovizioso (Ducati), 1’33,292”; Fábio Quartararo (Yamaha), 1’33,337”; Joan Mir (Suzuki), 1’33,405; …; Miguel Oliveira (KTM), 1’33,483”. Treinaram mais oito pilotos

Moto2 – Enea Bastianini (Kalex), 1’36,804”; Sam Lowes (Kalex), 1’36,861”; Joe Roberts (Kalex), 1’36,956”; Lorenzo Baldassarri (Kalex), 1’36,965”; Fabio Di Giannantonio (Speed Up), 1’37,066”; Remy Gardner (Kalex), 1’37,145”; Jorge Martin (Kalex), 1’37,146”; Simone Corsi (MV Agusta), 1’37,205”; Hector Garzo (Kalex), 1’37,241”; Marco Bezzecchi (Kalex), 1’37,247”. Treinaram mais 19 pilotos

Moto3 – Celestino Vietti (KTM), 1’45,356”; Sérgio Garcia (Honda), 1’45,557”; Romano Fenati (Husqvarna), 1’45,575”; Raul Fernandez (KTM), 1’45,850”; Filip Salac (Honda), 1’45,872”; Tony Arbolino (Honda), 1’45,984”; Carlos Tatay (KTM), 1’46,570”; Andrea Migno (KTM), 1’46,574”; Kaito Toba (KTM), 1’46,636”; John McPhee (Honda), 1’46,760”. Treinaram mais 21 pilotos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: