Diogo Vieira venceu em Castanheira de Pera

Na Prestige, Diogo Vieira foi o vencedor da segunda ronda do Nacional Super Enduro – Moto Espinha, enquanto na Open, Rodrigo Luz recebeu os louros do triunfo. Já nos Hobby, José Borges foi o primeiro classificado.

(auto.look2010@gmail.com)

Com 41 pilotos em competição, Castanheira de Pera recebeu a segunda prova válida para o Campeonato Nacional Super-Enduro Moto Espinha. Pela primeira vez em modo nocturna, a prova voltou a ter “portas abertas” ao público que assistiu a vitórias de Diogo Vieira na Prestige e Rodrigo Luz na Open. Nos Hobby José Borges foi o primeiro classificado.

Com 400 metros de extensão o percurso preparado pelo Clube Trilho Aventura revelou-se de dificuldade acertada e colocou á prova as aptidões dos pilotos presentes nas três classes que preenchem o pelotão deste campeonato.

Diogo Vieira deslocou-se a Castanheira de Pera para arrancar mais um fim‑de‑semana dividido entre Super Enduro e Trial – no dia seguinte alinhou na segunda prova do Campeonato Nacional de Trial – mas na Super Pole viu-se batido por Luís Oliveira, que deixou o campeão nacional em segundo na frente de Diogo Ventura naquela que foi primeira discussão por pontos na prova.

A primeira final da noite ficou marcada por uma queda de Diogo Ventura que deixou o piloto de Góis fora da competição e pela primeira vitória do dia assinada por Diogo Vieira. Ao bater Luís Oliveira e Paulo Alberto assumia o comando da classificação, que perdeu na final intermédia batido novamente por Luís Oliveira e onde Paulo Alberto fechou de novo em terceiro, deixando tudo para decidir no derradeiro confronto da noite.

A fechar o dia Diogo Vieira voltou a chamar a si a voz da vitória, batendo na linha de meta Paulo Alberto e Gonçalo Sobrosa. Já Luís Oliveira foi quarto classificado mas fechou a noite na segunda posição na frente de Paulo Alberto, sendo o único que conseguiu até ao momento bater Diogo Vieira em finais deste campeonato 2021.

Na Open foi Rodrigo Luz quem subiu ao degrau mais alto do pódio depois de ser o mais rápido nas primeiras duas finais e fechar a noite com o segundo lugar após uma corrida onde venceu Rui Nogueira.

José Ferreira foi o segundo classificado no somatório das três corridas, com o mesmo número de pontos de Manuel Moura. Na Hobby José Borges foi o vencedor e o único piloto invicto ao longo da noite, fechando as contas na frente de José Salgado e André Gomes.

A próxima prova do Campeonato Nacional Super Enduro – Moto Espinha realiza-se no próximo dia 14 de Agosto em Portalegre e será a derradeira do calendário 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *