Diogo Vieira vence ronda dupla no Marão

Num formato inédito e em estreia absoluta em Portugal, o Campeonato Nacional de Trial regressou este fim-de-semana com uma ronda dupla em Fontes Viso. O piloto de Vila Nova de Gaia venceu as duas provas. Francisco Pereira (3 anos) e o espanhol Jose Elena Soto (60 anos) imperiais no Marão. 

(auto.look2010@gmail.com)

Diogo Vieira

Desenhada em pleno Marão, cenário de excelência para uma das disciplinas mais “natureza” do motociclismo de competição, toda a prova foi desenhada nas redondezas do Santuário de Nossa Senhora do Viso em piso maioritariamente de terra com algumas zonas desenhadas nas zonas rochosas de xisto. Oito zonas de obstáculos foram criadas, com os pilotos a percorre-los por quatro vezes em cada dia de competição.

A organização do Centro Cultural e Desportivo de Fontes, em colaboração com o Clube Motard de Chaves, mereceu nota de excelência maior e a entrega de prémios contou com a presença do presidente da Câmara de Santa Marta de Penaguião.

As elevadas temperaturas que se fizeram sentir no sábado motivaram o adiamento da hora de arranque da corrida – iniciou-se às 15h30 –, e a redução do número de voltas da prova de quatro para três passagens. Em prova estiveram 29 pilotos divididos pelas sete classes em discussão, com a vitória na TR1, a categoria rainha, a ficar sem surpresa nas mãos de Diogo Vieira que bateu o jovem Paulo Ballas e Filipe Paiva, piloto autolook.pt, da Trialmotor da Lousã.

Muito animada foi a discussão pela vitória na TR2, em que Rita Vieira e Mariana Afonso envolveram-se num “intenso duelo” que terminou com a mesma pontuação para ambas, sendo a vitória atribuída a Rita Vieira devido ao maior número de zonas onde não penalizou. A terceira posição foi para Rogério Castro.

Na TR3 foi João Silva o vencedor na frente de Gonçalo Sobrosa, piloto de Enduro que fez a sua estreia no Trial, e Diogo Pereira. Afonso Araújo venceu em TR4 na frente de Martim Reis.

Nos Iniciados, o primeiro dia de competição foi ganho por Martim Ferreira, a estrear-se na competição com apenas 5 anos de idade, que bateu Matias Mesquita e Francisco Schreck, sendo de destacar que todos estes pilotos fazem parte da Escola de Trial da Federação de Motociclismo de Portugal (FMP). O mesmo sucedeu com os Infantis, em que subiu ao degrau mais alto do pódio Manuel Inês, na frente de Gonçalo Santos e Francisco Pereira, este com três anos de idade.

TRIAL EM FONTES VISO DOS 3 AOS 60 ANOS

Já no domingo, o calor voltou a ser o principal adversário de todos os pilotos e, por isso mesmo, a organização decidiu de novo proteger os pilotos e reduzir a prova para três voltas sendo igualmente feitas algumas alterações nas zonas para diversificar face ao dia anterior.

Tal como na véspera, Diogo Vieira repetiu a vitória na TR1 face a Paulo Ballas e Filipe Paiva. Na TR2 Rogério Castro subiu ao degrau mais alto do pódio, batendo Mariana Afonso e Rita Vieira. Em TR3 João Silva reeditou a vitória num pódio onde novamente estiveram Gonçalo Sobrosa e Diogo Pereira. Na TR4 foi Martim Reis o vencedor na frente de Afonso Araújo e Francisca Teixeira. Nos Iniciados o primeiro lugar foi para Matias Mesquita e Manuel Inês foi o melhor nos Infantis.

No pódio de domingo foi confirmada que o Trial é mesmo para todos: nos infantis, o muito jovem Francisco Pereira (3 anos) subiu ao degrau mais baixo do pódio e, nos Hobby, o espanhol Jose Elena Soto (60 anos), proveniente de Málaga propositadamente para participar nesta prova aos comandos da única moto eléctrica para adultos presente na competição, foi o primeiro classificado.

O Campeonato Nacional de Trial prossegue no próximo dia 1 de Agosto, em Paços de Ferreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *