Diogo Ventura: 15º no arranque dos ISDE

Aos comandos da sua Beta o piloto de Góis procurou, acima de tudo, “tomar pulso” à prova desenhada na região da Lombardia e encontrar o seu ritmo para aquele que é o momento maior da temporada.

(auto.look2010@gmail.com) – Fotos: JOÃO DA FRANCA

Pela 10.ª vez na sua carreira, Diogo Ventura (Beta) integra a selecção nacional de enduro. A 95ª edição dos International Six Days Enduro teve esta segunda-feira o seu ponto de arranque para 195 quilómetros de competição que levou cerca de 650 pilotos a uma longa jornada com mais de sete horas de duração.

A 15.ª posição na classe, e o 32.º posto na geral, acabou por ser o reflexo de um dia que ficou condicionado pela chuva na última especial que marcou o pior registo de Diogo Ventura no cronómetro e que, em conjunto com o muito pó encontrado em algumas especiais, condimentou a prestação deste dia inaugural.

«Este primeiro dia foi razoável. Não consegui andar no meu ritmo, apanhei muito pó de outros pilotos e na derradeira especial choveu mesmo quando estávamos a tentar entrar na mesma. Acabei por cair e perdi alguns lugares porque deixou igualmente de chover e os pilotos que arrancaram um pouco mais tarde fizeram a especial já com piso seco. Para esta terça-feira quero melhorar face aos erros desta segunda-feira e sei que me vou sentir melhor, que é perfeitamente normal», sublinhou o piloto o Góis Moto Clube.

No segundo dia de prova, o piloto Beta/Alves Bandeira irá enfrentar o mesmo percurso e especiais, apostando em subir o ritmo e aproximar-se dos 10 primeiros da classe e 20 primeiros da geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *