CUPRA e a nova geração de jogadores do Barça

A CUPRA junta Ibai Llanos com os jogadores do Barça, Ansu Fati, Riqui Puig, Nico González, Ronald Araújo e Ferran Torres, para uma conversa nada convencional e um desafio futebolístico a bordo do CUPRA Born.

(auto.look2010@gmail.com)

CUPRA, Ibai Llanos e a nova geração de jogadores do FC Barcelona. O que pode sair desta mistura explosiva? A resposta é diversão, risos e conversas amigáveis. A CUPRA convidou o conhecido streamer online para se encontrar com os melhores jogadores do FC Barcelona, Ansu Fati, Riqui Puig, Nico González, Ronald Araújo e Ferran Torres para um episódio especial do programa “Charlando tranquilamente”, no Ciutat Esportiva Joan Gamper, que terminou com os jogadores a entrarem num CUPRA Born para um desafio muito pouco convencional.

Para continuar a inspirar os públicos mais jovens, a marca continua a abraçar novos formatos digitais como parte do seu ADN, mantendo-se firme no seu apoio à próxima geração de criadores de conteúdos e de atletas.

A NOVA GERAÇÃO

Os jogadores explicaram como se sentem jogando em uma grande equipa como o Barça: «Foi um grande momento quando descobri que Xavi me queria; todas as estrelas alinhadas» , diz Ferran. Muitos deles já haviam jogado juntos nas categorias de base do clube.

«De repente, você passa de assistir os jogadores veteranos na TV para jogar ao lado deles», explica Nico González. Ronald Araújo está confiante no projecto: «Há muitos jovens jogadores talentosos; imagine o que mais experiência fará por um time já bom: podemos ganhar muitos títulos».

UMA EQUIPE MOTIVADA

Para o embaixador da CUPRA, Ansu Fati, está claro que a temporada ainda não acabou, apesar das últimas derrotas e da eliminação da Liga Europa: «Tem sido difícil, mas melhoramos muito desde que Xavi chegou. Jogamos pelo Barça, esperamos ganhar o tempo todo, mas estamos no caminho certo: há muitos jogadores jovens, estamos melhorando e acho que podemos conseguir muito no próximo ano», acrescenta Ansu Fati.

Todos eles aspiram continuar a jogar pelo Barça por muitos anos: «Estou feliz aqui, sempre foi o meu sonho», diz Nico. E alguns têm uma posição segura na equipe: “Ansu, você foi renovado até 2064, certo?», brinca Ibai. No entanto, esse sonho vem com pressão e sacrifício.

«Tive uma série ruim de lesões, mas com muito trabalho quero ajudar a equipa»,  diz Ansu. Para Riqui, «parece que aos 20 anos você tem que ser titular, mas há pouco tempo Xavi e Iniesta demoravam um pouco mais para serem titulares». «Tenho uma longa carreira pela frente, Barcelona é minha cidade natal, minha família e amigos estão aqui, e é aqui que quero ter sucesso», conclui.

Um desafio não convencional

Entre risadas e confissões sinceras, Ibai sugeriu que os jogadores do Barça participassem de um desafio nada convencional da CUPRA: entrar no CUPRA Born, o primeiro modelo totalmente eléctrico da marca, e marcar um gol acertando uma bola gigante com o carro. Para dificultar, eles só conseguiram pontuar em determinadas áreas do golo: 25 nas laterais, 50 no travessão e 100 nos cantos.

«Você já dirigiu com Gerard Piqué?» pergunta Riqui antes de tentar. Ao que Ibai responde seriamente: «Sim, e não quero nunca mais». Ele então avisa que ainda não tem carta de condução, ao que Ferran pergunta: «O que você está esperando? Vá em frente, aperte o cinto de segurança», aconselha Nico.

«Quero no modo Sport», diz Riqui. Como eles fizeram? Ansu e Nico receberam 25 pontos; Ferran, apesar de ter marcado um grande golo, não marcou pontos. Araújo e Riqui Puig fizeram os 100, com Ronald marcando bem na primeira tentativa.

 

Partilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.