CPT 4×4: regressou a Valongo mais arrojado

Foi uma longa temporada sem colocar os pés nas pistas. A 8 de Março de 2020, Valongo recebeu a jornada inaugural do Campeonato Portugal de Trial (CPT) 4×4 mas, uma semana depois, o país entrou em confinamento…

(auto.look2010@gmail.com)

Dezanove meses volvidos, a caravana do CPT4x4 voltou a Valongo para o arranque da época 2021. E as saudades eram tantas que a casa esteve completamente cheia. Foram 24 as equipas que compuseram uma das melhores grelhas de partida de que há memória, numa prova de arranque. E o público, saudoso da adrenalina, compareceu em peso, mesmo com todas as restrições e limitações derivadas à Covid-19.

Marco Polónio (Malpevent Team) não podia desejar um começo mais promissor. Logo de manhã conseguiu o melhor tempo do prólogo e, por isso, partiu na frente, lugar que permaneceu até ao final.

Cláudio Ferreira andou quase toda a prova muito perto, mas Marco Polónio conseguiu dilatar a vantagem e terminou as 2h30 de resistência com três voltas de avanço. Acompanhado por Daniel Esteves, Marco Polonio ganhou à classe e também em termos Absolutos.

António Silva (Canelas Pneus) repetiu em 2021 o primeiro lugar alcançado em Março de 2020. Completou 15 voltas ao circuito e assegurou o primeiro lugar da classe Proto. António Moreira (Valclima) chegou, viu e venceu na classe Extreme. Teve uma vitória muito confortável e coroa a estreia no CPT4x4 com a medalha de ouro.

Na classe Promoção, Tiago Costa (SuperPrint) foi o vencedor. Em 2019 experimentou a classe FUN, em 2020 deixou bons indicadores com a vitória aqui em Valongo. Em 2021 repetiu a proeza e com 10 voltas foi o primeiro classificado da Promoção.

CLASSIFICAÇÕES

CLASSE ABSOLUTO

1.º Marco Polónio (Crawler Chevrolet) – 19 voltas

2.º Cláudio Ferreira (Crawler Mercedes) – 16 voltas

3.º António Silva (Proto XS5) – 15 voltas

CLASSE SUPER PROTO

1.º Marco Polónio (Crawler Chevrolet) – 19 voltas

2.º Cláudio Ferreira (Crawler Mercedes) – 16 voltas

3.º Daniel Carapau (Proto XS5) – 13 voltas

CLASSE PROTO

1.º António Silva (Proto XS5) – 15 voltas

2.º Rui Nunes (Nissan Patrol Y61) – 8 voltas

3.º Carlos Gomes (Nissan Proto) – 8 voltas

CLASSE EXTREME

1.º António Moreira (Nissan Patrol Turbo) – 10 voltas

2.º Armando Sousa (Nissan Patrol GR) – 8 voltas

CLASSE PROMOÇÃO

1.º Tiago Costa (Nissan Patrol 260) – 10 voltas

2.º Carlos Teixeira (Suzuki Samurai) – 10 voltas

2.º Pedro Pereira (Nissan Patrol GR y60) – 7 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *