Corsa “português” é atracção em Frankfurt

Uma das atracções do “stand” da Opel em Frankfurt vai ser o Corsa GT, da primeira geração, descoberto em Portugal e levado para Russelsheim para ser recuperado.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Há muito tempo que a marca alemã procurava um Opel Corsa GT da primeira geração, em bom estado de conservação, com a pesquisa a acabarem por levar os responsáveis da marca até uma garagem na baixa do Porto onde estava esquecido um exemplar, que tinha começado por ser registado em Espanha.

O Corsa GT, sucessor do Corsa SR, esteve à venda entre Abril de 1985 e o Outono de 1987 e foi substituído GSi, em 1988, estava equipado com um motor de 1300cc, 70cv e caixa de cinco velocidades e caracterizava-se pelos “spoilers” discretos, as jantes de liga leve e os bancos desportivos, que o transformavam no utilitário dinâmico, próprio para os mais jovens.

Descoberto o modelo e constatado que continuava operacional, ei-lo que se faz à estrada rumo a Russelsheim, com paragem em Saragoça, onde tinha sido produzido, seguindo para Barcelona e França, com a parte final do percurso a ser feito ao longo das margens do Reno até ao objectivo final alcançado depois de 2 700 km, sem que o Corsa, com 32 anos, tivesse apresentado qualquer problema e com consumos ao redor dos 6/100 km, tal como era anunciado na época.

A partir daí houve a passagem, pelo TUV, para a inspecção obrigatória e atribuição de registo alemão, e depois todo o trabalho de recuperação, para apagar as marcas da idade, para poder ser apresentado no Salão de Frankfurt, ao lado de uma das novidades que a marca estreia na mostra alemã.

Marcas no tejadilho, logótipos que não eram os originais, vidros riscados e estofos demasiado coçados eram alguns dos “estragos” apresentados o que leva que seja decidido desmontá-lo para garantir a recuperação total, integrada no “Projecto IAA 2019”, que tem à sua frente dos especialistas da Opel em automóveis clássicos.

O Corsa foi reconstruído peça a peça, tendo a mesma começado pelo motor, a que se seguiu a suspensão, uma nova pintura, a colocação dos logótipos correctos, as jantes originais e vidros e janelas novas, fazendo com que o Corsa GT, saído de Portugal, vá ser uma das atracções do Salão de Frankfurt, que abre as portas ao público no próximo dia 12.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação