Continental vai reduzir autocolantes nos pneus

Fabricante de pneus vai deixar de utilizar cerca de 110 toneladas de resíduos de plástico por ano – autocolantes colocados em fila são três vezes mais longos do que a Avenida dos Champs-Élysées, em Paris A informação necessária é fornecida no rótulo dos pneus, obrigatório na UE.

(auto.look2010@gmail.com)

A partir de Janeiro de 2021, na região EMEA (Europa, Médio Oriente e África), a Continental vai deixar de utilizar um dos dois autocolantes exibidos, anteriormente, nos pneus novos. Com esta mudança, o fabricante de pneus evitará a utilização de aproximadamente 110 toneladas de resíduos plásticos por ano, necessários para a produção dos autocolantes e da folha de suporte. No total, as folhas de suporte e os autocolantes teriam um comprimento de cerca de 6,4 km – três vezes mais o comprimento da Avenida dos Champs-Élysées, em Paris.

Os autocolantes que vão ser removidos contêm o logótipo do fabricante. As informações necessárias à comercialização, tais como a marca, o tamanho, o número do artigo e outros dados, estão disponíveis na rotulagem de pneus que é exigida por lei na União Europeia e em alguns outros países. No passado, os autocolantes com a marca do fabricante ajudavam os colaboradores das oficinas a localizar mais facilmente os pneus no armazém.

«Ao dispensar estes autocolantes estamos a dar um passo importante para alcançar o objectivo definido pela empresa do ponto de vista da sustentabilidade ambiental e a reduzir a utilização de plástico de origem fóssil nas nossas unidades de produção a nível mundial», afirma Claus Petschick que chefia o departamento de Sustentabilidade da Continental, explicando a relevância desta mudança.

«Estamos no processo de conversão de toda a nossa cadeia de produção em materiais sustentáveis. Evitar o desperdício, e a utilização de resíduos plásticos em particular, é um passo fundamental neste caminho, pois também ajuda a conservar os nossos recursos naturais», acrescenta Claus Petschick.

A Continental desenvolve tecnologias e serviços pioneiros para a mobilidade sustentável e conectada de pessoas e dos seus bens. Fundada em 1871, a empresa de tecnologia oferece soluções seguras, eficientes, inteligentes e acessíveis para veículos, máquinas, tráfego e transporte. Em 2019, a Continental gerou vendas de 44,5 mil milhões de euros e actualmente emprega mais de 233.000 pessoas em 59 países e mercados. Em 2021, a empresa celebra 150 anos.

A área de negócios de pneus possui 24 unidades de produção e desenvolvimento em todo o mundo. A Continental é um dos principais fabricantes de pneus com mais de 56.000 funcionários e registou vendas de 11,7 mil milhões de euros em 2019 nesta área de negócios.

A Continental está entre os líderes em tecnologia na produção de pneus e oferece uma ampla gama de produtos para automóveis de passageiros, veículos comerciais e especiais, bem como veículos de duas rodas. Por meio de investimentos contínuos em pesquisa e desenvolvimento, a Continental dá uma grande contribuição para uma mobilidade segura, económica e ecologicamente eficiente. O portfólio da área de negócios dos pneus inclui serviços para o comércio de pneus e aplicações de frota, bem como sistemas digitais de monitorização de pneus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *