Constálica Rallye Vouzela e Viseu em maré alta

Grandes expetativas desportivas este fim de semana para os 61 pilotos inscritos na prova do Gondomar Automóvel Sport que vão disputar o 9.º Constálica Rallye Vouzela e Viseu na Zona Centro de Portugal.

(auto.look2010@gmail.com)

As nove classificativas que pilotos e máquinas vão percorrer as estradas dos concelhos de Vouzela e Viseu vão ser esgrimias pela discussão das primeiras posições para o Campeonato Portugal GT de Ralis (CPGTR), Campeonato Portugal Clássicos de Ralis (CPCR), Campeonato Promo de Ralis (CProR), FPAK Junior Team, (FPAK JT), 5.º Desafio Kumho (Desafio KUMHO) e Prova Extra.

Entre os protagonistas, o destaque vai para as 61 equipas que, não só discutirão ao cronómetro as estradas de Vouzela e Viseu, como o maior números pontos para as respetivas classificações de campeonatos, troféus e, ou categorias, a que se juntam entre outos, o “pluri” vencedor da prova, o piloto de São Pedro do Sul, Carlos Matos, que alinha no Peugeot 208 T16 n.º 90 com a navegadora Beatriz Pinto.

Ao piloto de Lafões junta-se o conhecido desportivamente e ex-campeão nacional de ralis, Bernardo Sousa, que regressou a meio desta época à competição e, hoje também a viver momentos ímpares de mediatismo, alinhando aos comandos deu Citroën C3 R5 com o n.º 91 nas portas e inscrito pela Sport & You, com Inês Veiga na qualidade de navegadora

Verdadeiras “cabeças de cartaz” de qualquer rali, não só em Portugal, como na grande maioria dos países e campeonatos por essa Europa fora, o Constálica Rallye Vouzela e Viseu apostou sempre forte no melhor e maior “espetáculo”. A tudo isto junta-se os Porsche 911 GT3, sinónimo disso mesmo e são quatro os inscritos com o recém-coroado campeão de GT´s do CPM22, Vítor Pascoal a ostentar o n.º 1 com Alexandre Rodrigues.

Ao espetacular e rápido piloto de Baião, juntam-se na frota dos carros alemães as duplas, com o n.º 2, os leirienses Paulo Carvalheiro e Dércio Carvalheiro, n.º 3, o viseense José Cruz, a participar com o conimbricense Paulo Amorim, assim como o espanhol Jorge Perez Alonso, com o n.º 4.

As duplas formadas por Luís Mota/Alexandre Ramos e Nuno Mateus/Roberto Santos, respetivamente aos comandos dos seus Mitsubishi Evo VI, n.º 10 e n.º 11, estão empatados com 70 pontos na discussão da liderança do CPCR após cinco provas disputadas e a três do final.

Mas as duplas formadas por Cipriano Antunes/Nuno Batalha, no Audi Quatro n.º 12, e Luís Fonseca/João Aguiar, no Mitsubishi Carisma n.º 14, terceiros e quintos, vão procurar a melhor colheita de pontos, nomeadamente o piloto do carro alemão que vai pretender diminuir a diferença de 30 pontos para as duas duplas empatadas na liderança.

No “Promo”, com 37 duplas inscritas numa notável demonstração do interesse na organização e participação no Constálica Rallye Vouzela e Viseu, o atual líder com 59 pontos, Fernando Teotónio, tal como o seu navegador Luís Morgadinho, vão procurar, aos comandos do Mitsubishi Lancer Evo X n.º 40, defender a vantagem de 3 pontos para os segundos classificados, Alfredo Moreira/Nuno Queirós no bem menos potente Fiat Uno 45S n.º 41. Com a ausência do 3.º classificado, Fernando Peres, o 4.º classificado Adruzilo Lopes, no Mitsubishi Evo IX n.º 42, com Pedro Leones, irá procurar ultrapassar os “magros” 10 pontos de diferença para o comandante.

Mas na discussão dos primeiros lugares do “Promo” que apresenta uma diferença do líder para o 6.º classificado de pouco mais dos 25 pontos de uma vitória (27 pontos), vão alinhar o 5.º classificado (45 pontos), Filipe Nogueira no Peugeot 208 R2 n.º 43 com João Vieira, Gaspar Pinto – Mitsubishi Evo VIII n.º 44 com Bernardo Gusmão (32 pontos). Juntamos ainda Alexandre Dinis/Luís Ribeiro (Mitsubishi Evo IX n.º 45 (7.º classificado) e as duplas entre outras de, Rui Borges/Helena Maia (Mitsubishi Evo IX, n.º 46), Henrique Rodrigues/Daniel Rodrigues (Mitsubishi Evo VII, n.º 47). Seguindo a lista de inscritos, junta-se o sempre rápido André Cabeças/Ilberino Santos a alinhar no seu espetacular Mitsubishi Mirage.

No FPAK Junior Team vamos poder apreciar os dotes e a evolução dos “jovens” pilotos aos comandos dos 7 KIA Picanto, com o comandante (n.º 25) Rafael Canha/Gonçalo Cunha, apesar da vantagem com os seus já 61 pontos, tem que garantir a liderança a três provas do final para os seguintes classificados, Gonçalo Henriques/António Santos (n.º 26), Danny Carreira/Bruno Abreu (n.º 27), José Bastos/António Manuel Pereira (n.º 28), José Quintas/Jorge Carvalho (n.º 29) e a piloto Mariana Machado com Pedro Dias da Silva (n.º 30).

Também em Kia Picanto alinha o também jovem piloto da região Rodrigo Correia e após uma carreira bem conhecida no Karting e no Rallycross e, que se iniciou nos ralis exatamente no Constálica Rallye Vouzela e Viseu aos 16 anos e ainda sem carta de condução. O Rodrigo alinha com o n.º 58 com o navegador José Azevedo.

O Constálica Rallye Vouzela e Viseu inicia-se esta sexta-feira à tarde com as verificações administrativas e técnicas em Vouzela nas instalações da Constálica (Zona Industrial) e a competição começa com a Partida da Sé Catedral de Viseu, sábado pelas 15h00 e a realização e passagem pelas duas passagens pelas Classificativas de Vouzela/Castelo, Pernoita e a emblemática “especial” de Vouzela. No domingo a prova terminará em apoteose com a entrega de prémios no cenário da Feira de São Mateus, depois das duplas passagens pelas classificativas de Povolide e Aeródromo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.