Como nasce um spoiler 100% made in Abarth

Testado no túnel de vento da FCA em Orbassano, perto de Turim, e no circuito de Vallelunga, nas proximidades de Roma, o Spoiler ad Assetto Variabile melhora a aderência ao solo em percursos mistos rápidos e a estabilidade a altas velocidades.

(auto.look2010@gmail.com)

O “conceito de performance” de Carlo Abarth ia muito além da busca da potência pura, da velocidade máxima e da aceleração. O seu pensamento centrava-se na performance global e, logo, na pesquisa e no desenvolvimento de soluções técnicas inovadoras com vista a melhorar a aerodinâmica, a aderência à estrada e a eficácia de travagem.

«Foi com esse mesmo espírito que produzimos o Spoiler ad Assetto Variabile, estreado há alguns meses na edição limitada Abarth 695 70° Anniversario», afirmou Luca Napolitano, responsável das marcas Fiat e Abarth na Região EMEA.

«É uma das melhores e mais icónicas soluções aerodinâmicas para uma viatura de estrada, desenvolvida com base na filosofia do nosso fundador, que estudou a aerodinâmica nas pistas e nas estradas de todos os dias. Podemos encontrar o expoente máximo da aplicação da aerodinâmica no famoso e multipremiado “torpedo prateado” Abarth 1000 Bialbero Record Pininfarina, de 1960, que quebrou inúmeros recordes de velocidade e, mais tarde, em 1966, no igualmente célebre Abarth 1000 Corsa, um dos primeiros automóveis do mundo a ostentar um spoiler de resina», acrescentou Luca Napolitano.

O novo Abarth 695 70° Anniversario presta homenagem a esta supremacia com o novo Spoiler ad Assetto Variabile, um componente do mundo da competição caracteristicamente Abarth que faz lembrar também o spoiler do Lancia Delta Integrale da década de 1980 que, em estrada, oferecia a quem se sentava ao volante as sensações de um verdadeiro piloto de ralis.

SPOILER AD ASSETTO VARIABILE E OS SEUS SEGREDOS

Fruto do trabalho realizado pelos engenheiros da Abarth no túnel de vento da FCA em Orbassano, perto de Turim, e no circuito de Vallelunga, nas proximidades de Roma, o Spoiler ad Assetto Variabile melhora a aerodinâmica da viatura e, logo, aumenta a aderência ao solo em percursos mistos rápidos e a estabilidade a altas velocidades.

Para Carlo Abarth, a performance era um requisito constante, especialmente nos circuitos. Tal como numa prova, onde não é raro ver técnicos a afinar manualmente a inclinação do spoiler para que o piloto possa configurar o comportamento da viatura em função do percurso e do próprio estilo de condução, o spoiler montado no Abarth 695 70° Anniversario também pode ser regulado manualmente em 12 posições, com um grau de inclinação entre 0° e 60°.

No intuito de oferecer máxima flexibilidade, é dada aos condutores a opção de regularem o spoiler em função do percurso que estão prestes a enfrentar e de o posicionarem conforme desejarem, independentemente da performance.

Na inclinação máxima (60°), à velocidade de 200 km/h, o spoiler faz subir a carga aerodinâmica até 42 kg. Especialmente em percursos mistos rápidos, isto assegura excelente dinâmica do veículo e optimiza a estabilidade a altas velocidades. Podemos tomar como exemplo concreto a “Curva Roma” do circuito de Vallelunga.

O Spoiler ad Assetto Variabile consegue reduzir as correcções da direcção em quase 40%, possibilitando uma condução “mais limpa” e mais eficiente e dando ao condutor maior confiança para desafiar os limites. A optimização da aerodinâmica também beneficia a acústica, aprimorada atentamente com o objectivo de reduzir a turbulência e oferecer, assim, uma condução diária mais confortável.

Para chegar a tal nível técnico, o novo Abarth 695 70° Anniversario foi testado, em condições de aerodinâmica à escala real, no túnel de vento de Orbassano, a sul de Turim, onde a FCA estuda os seus modelos. Graças a este centro de excelência, foi possível desenvolver e testar o Spoiler ad Assetto Variabile no Abarth 695 70° Anniversario em todas as possíveis e variadas condições de configuração da viatura.

PIMEIRO SPOILER DE RESINA PARA AS VIATURAS DE COMPETIÇÃO ABARTH DE 1966

Entre 1956 e 1966, as viaturas do Escorpião estabeleceram nada menos que 133 recordes, resultado da intensiva utilização dos conceitos e das leis da aerodinâmica. Esta ilustre história inclui os oito extraordinários recordes quebrados pelo Abarth 1000 Bialbero Record Pininfarina em 1960. Muito graças à implementação das leis da eficiência aerodinâmica, o Abarth 1000 Bialbero Record Pininfarina foi de imediato apelidado de “torpedo prateado” pela sua elegante linha. Desenvolvida no túnel de vento da Universidade Politécnica de Turim, a nova aerodinâmica resultou no excepcional Cx de 0,20.

Mas recuando até ao slogan do fundador, “Domingo na pista, segunda-feira no escritório”, na altura revelou-se necessário melhorar também a aerodinâmica dos “normais” carros de competição. Abarth assim fez, juntando actividade na equipa oficial e produção de componentes de competição com vitórias desportivas e sucessos comerciais.

Na década de 1970, os exclusivos kits de preparação desportiva Abarth tinham convertido automóveis de cidade em campeões de corridas, dando a muitos jovens pilotos a oportunidade de iniciarem uma carreira de sucesso no mundo da competição.

O primeiro modelo a beneficiar destas intuições e destes conhecimentos foi o Abarth 1000 Corsa (versão desportiva do 600 de estrada). Em 1962, as suas vitórias eram omnipresentes, cruzando a linha da meta com o já famoso capot traseiro aberto que, além de dissipar o calor proveniente do motor, proporcionava claras vantagens aerodinâmicas.

O genial Abarth produziu então, em 1966, um spoiler de resina, fazendo da marca do Escorpião uma das primeiras a beneficiar daquele componente numa viatura de competição. O Spoiler ad Assetto Variabile do Abarth 695 70° Anniversario presta tributo a este recorde, provando que as pistas sempre foram o banco de ensaio ideal para a Abarth testar soluções técnicas e tecnológicas, antes de utilizá-las nos seus modelos de estrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: