Cláudio Ferreira faz história em Paredes

Campeonato Portugal Trial 4×4 2019 chegou ao fim com um mar de emoções no traçado de Vandoma, uma pista 100% natural que fez as delícias do público e das equipas.

(auto.look2010@gmail.com)

Desde que há Campeonato Nacional de Trial 4×4, que a grande final é no concelho de Paredes e, este ano, não podia ser diferente. Depois do Parque da Cidade, de Rebordosa e de Gandra, em 2018, a caravana do CPT4x4 assentou arraiais em Vandoma e, em 2019, repetiu o local. Uma pista 100% natural que fez as delícias do público e das equipas.

No final das 3 horas de resistência desta sexta e derradeira etapa, levou a melhor Cláudio Ferreira (Auto Higino) que faz história e sagra-se primeira bicampeão nacional absoluto da modalidade. Foi um ano desafiante para Cláudio Ferreira, cheio de altos e baixos. Arrancou a época com uma vitória, fez péssimos resultados em Mação e Famalicão, trocou de navegador a meio da competição, mas nunca baixou os braços. Ao título absoluto soma ainda o título de tricampeão da Classe Super Proto.

Rui Rocha (Team Rj69) conseguiu alcançar o objectivo pelo qual tanto lutou: ser campeão nacional. Chegou a Paredes em desvantagem, a 12 pontos de Marcelo Lopes (Team Lucrofusão), mas depois de 3 horas muito duras de resistência conquistou a vitória que lhe valeu o título de campeão da classe Proto.

Carlos e Rafael Gomes entraram em pista para confirmar o título logo no ano de estreia. A matemática já lhes era favorável, mas a ausência do principal concorrente garantia a festa da dupla. O campeão da Promoção, João Fernandes, já com o título conquistado em Moimenta da Beira, arriscou experimentar a Extreme e impôs o ritmo da prova. Venceu com mais voltas à pista do que o segundo classificado.

Com o título já assegurado, o campeão da Promoção, João Fernandes (Jovi Team), resolveu experimentar a classe Extreme em Paredes e foi muito bem sucedido. Completou 14 voltas ao circuito, mais cinco do que segundo e terceiro classificados.

Destaque ainda para as vitórias de Carlos Martins e João Pinto (Reciclopeças Team) na classe UTV/Buggy, César Carneiro e Paulo Silva (Team Sequeiros) em Promoção e Nuno Urbano e José Luís Rosário (Urbano & Urbano) em Fun.

Os campeões nacionais de trial 4×4 têm presença garantida na Gala dos Campeões da FPAK – Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting – num reconhecimento do CPT4x4 e da própria modalidade.

CLASSIFICAÇÕES

CLASSE ABSOLUTO

1.º Cláudio Ferreira – Crawler Mercedes – 10 voltas

2.º Laurindo Mendonça – Jimny Proto Crawler – 9 voltas

3.º Sérgio Ferreira – Jimmy’s 4×4 48PC2 – 8 voltas

CLASSE SUPER PROTO

1.º Cláudio Ferreira – Crawler Mercedes – 10 voltas

2.º Laurindo Mendonça – Jimny Proto Crawler – 9 voltas

3.º Sérgio Ferreira – Jimmy’s 4×4 48PC2 – 8 voltas

CLASSE PROTO

1.º Rui Rocha – Toyota Land Cruiser BJ40 – 7 voltas

2.º António Henriques – Proto XS5 – 7 voltas

3.º Luís Bacelo – Nissan Patrol – 5 voltas

CLASSE EXTREME

1.º João Fernandes – Nissan Patrol GR (Y60A) – 14 voltas

2.º Bruno Bastos – Nissan Patrol Y 60 – 9 voltas

3.º Carlos Gomes – Nissan Proto – 9 voltas

CLASSE PROMOÇÃO

1.º César Carneiro – Suzuki Samurai – 7 voltas

CLASSE UTV/BUGGY

1.º Carlos Martins – Bombardier Can-Am Maverick – 9 voltas

CLASSE FUN

1.º Nuno Urbano – Nissan Patrol Y60 – 8 voltas

2.º Pedro Pereira – Nissan patrol – 1 volta

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação