Citroën Total World Rally Team em Arganil e Mortágua

A Citroën Total World Rally Team, que iniciou hoje o primeiro rali a disputar totalmente em asfalto no Rali da Córsega, quarta prova de 2019 pontuável para o WRC, vai estar terça e quarta-feira em Arganil e Mortágua a preparar o Vodafone Rali de Portugal.

CARLOS SOUSA (carlos.sousa@autolook.pt)

Para já, as atenções estão voltadas para o rali “caseiro”, com a equipa francesa a atenta à produção das duplas Sébastien Ogier/Julien Ingrassia e Esapekka Lappi/Janne Ferm, numa das provas mais marcantes da história da modalidade, face à dificuldade que as sinuosas estradas da ilha e o asfalto abrasivo que as cobre provocam, com as primeiras a “castigarem” os erros de condução e o segundo a dificultar a escolha dos pneus.

Mas mal termine o compromisso da Córsega, a Citroën Total World Rally Team, que terá ainda de regressar ao continente americano para parar na Argentina e no Chile, a novidade do ano, viaja de malas a bagagens para Portugal para uma sessão de treinos intensa nas zonas de Mont’Alto (Arganil) e Mortágua, na próxima terça e quarta-feira.

Os concelhos de Arganil e Mortágua voltam a animar-se com a presença dos WRC para mais umas horas de testes de preparação para o Rali de Portugal, mas que terão “eco” para a Argentina e o Chile, dado que o tipo de piso da Serra do Açor e de Mortágua coaduna-se para ajustar as especificações dos Citroën C2 WRC às difíceis estradas argentinas e chilenas.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação