“Circuito das Beiras” 2023 em movimento acelerado

A primeira edição do “Circuito das Beiras” aconteceu em 1903, sendo uma das inovadoras provas automobilísticas efetuadas em Portugal. Após 120 anos, já está a ser delineada a recriação que terá partida e chegada a Coimbra, com passagem pela Guarda e Castelo Branco.

CARLOS SOUSA (auto.look2010@gmail.com)

Agendada para o próximo ano, o “Circuito das Beiras” que faz 120 anos em 2023, passa pela recriação da prova que pretende, acima de tudo, ser uma forte aposta turística para Coimbra, Castelo Branco e Guarda. A aposta é do Clube Escape Livre e o presidente Luís Celínio recordou que «a prova realizada em 1903 teve como vencedor Tavares de Melo ao volante de um carro Darracq».

«Queremos ter alguns carros da época, de 1903, como o Darracq vencedor. Queremos ter carros desde essa altura até aos últimos 25 anos, carros clássicos, adiantou o responsável que já efetuou reuniões de trabalho com presidentes e vereadores dos Municípios de Coimbra, Castelo Branco e Guarda-.

Luís Celínio disse ainda que o “Circuito das Beiras” poderá ocorrer em setembro e a organização procurará «adequar o antigo percurso às actuais estradas». «Temos como nosso aliado o historiador Barros Rodrigues, que vai lançar em simultâneo com a nossa prova, em 2023, o livro “Circuito das Beiras”, onde ele vai contar todos pormenores dessa prova de 1903 e da vitória de Tavares de Melo no Darracq».

Na opinião de Luís Celínio, estão reunidas as condições para o Clube Escape Livre, com a colaboração dos municípios de Coimbra, Castelo Branco e Guarda, realizar «uma grande prova, com muitos participantes, com muito interesse e, sobretudo, que atraia muitos visitantes para a região».

«Marcar 120 anos de uma das primeiras provas automóveis em Portugal, e que passou pela Guarda, é, sem dúvida, motivo de orgulho e pode permitir-nos ter aqui uma prova com grandes características todos os anos», acrescentou o responsável.

O presidente da autarquia da Guarda, Sérgio Costa, eleito pelo Movimento Pela Guarda, afirmou, no início do ano em curso, que a autarquia está disponível para apoiar e acolher «a retoma desse circuito de Coimbra – Castelo Branco – Guarda – Coimbra» e voltar a fazer ressurgir o “Circuito das Beiras”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.