Chuva no traçado de São Marino beneficia a KTM

Se a marca austríaca viu os seus pilotos integrarem o grupo dos mais rápidos, a Ducati dominou a sessão, com os três pilotos a colocarem a marca italiana nas três primeiras posições.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Jack Miller (Ducati)

A chuva que vai caindo sobre o traçado de Misano beneficiou a KTM que viu três dos seus quatro pilotos terminarem a sessão no lote dos 10 mais rápidos, embora sejam os tempos da manhã, feitos com o asfalto seco a manterem-se como os melhores, o que não afasta o quarteto da marca austríaca da Q1, os quais podem, se a situação se mantiver, amanhã, chegar à Q2.

Mas se a KTM viu os seus pilotos integrarem o grupo dos mais rápidos, a Ducati dominou a sessão, com o francês Johann Zarco, o italiano Francesco Bagnaia e o australiano Jack Miller a colocarem a marca italiana nas três primeiras posições.

O português Miguel Oliveira (KTM), sexto, foi o mais rápido da marca austríaca, à frente o italiano Danilo Petrucii, com o espanhol Iker Lecuona a registar o nono tempo, apesar de uma violenta queda, nos instantes finais, enquanto o quarto elemento, o sul-africano Brad Binder não foi além do 20.º tempo.

Jack Miller (Ducati)

Segundo no primeiro treino, o italiano Marco Bezzecchi (Kalex) foi o mais rápido na segunda sessão de treinos livres de Moto2, com o espanhol Augusto Fernandez (Kalex) e o tailandês Somkiat Chantra (Kalex) a secundarem o piloto da casa.

Se o italiano Dennis Foggia (Honda) voltou a ser o mais rápido na segunda sessão de treinos livres de Moto3, desta feita a superioridade dos pilotos transalpinos foi interrompida pelo espanhol Pedro Acosta (KTM), comandante do campeonato, que bateu o trio, Romano Fenati (Husqvarna), Niccolò Antonelli (KTM) e Andrea Migno (Honda), que tinha secundado Dennis Foggia, com a particularidade de Niccolò Antonelli ter superado Romano Fenati.

Miguel Oliveira (KTM)

Entre as MotoE, os espanhóis dominaram com Miguel Pons (Energica), Jordi Torres (Energica) e F. Aldeguer (Energica) a registarem os melhores tempos, enquanto o brasileiro Eric Granado (Energica), mais rápido na sessão matinal, caiu para quinto, atrás, ainda, do alemão Lukas Tulovic (Energica).

O português André Pires (Energica) voltou a ser o mais lento dos 18 pilotos que estiveram em pista, mantendo os cerca de quatro segundos de diferença para os mais rápidos.

TEMPOS DOS TREINOS

MotoGP – Johann Zarco (Ducari), 1’42,097”; Francesco Bagnaia (Ducati), 1’42,650”; Jack Miller (Ducati), 1’42,719”; Joan Mir (Suzuki), 1’42,910”; Marc Marquez (Honda), 1’42,921”; Miguel Oliveira (KTM); 1’43,234”; Danilo Petrucci (KTM), 1’43,329”; Aleix Espargaro (Aprilia), 1’43,629”; Iker Lecuona (KTM), 1’43,722”; Alex Marquez (Honda), 1’43,739”. Treinaram mais 14 pilotos

Moto2 – Marco Bezzecchi (Kalex), 1’50,168”; Augusto Fernandez (Kalex), 1’50,317”; Somkiat Chantra (Kalex), 1’50,426”; Xavi Vierge (Kalex), 1’50,699”; Sam Lowes (Kalex), 1’50,821”; Nicolò Bulega (Kalex), 1’50,831”; Hafizh Syahrin (NTS), 1’50,887”; Joe Roberts (Kalex), 1’50,995”; Stefano Manzi (Kalex), 1’50,992”; Jake Dixon (Kalex), 1’51,098”. Treinaram mais 20 pilotos

Moto3 – Dennis Foggia (Honda), 1’42,333”; Pedro Acosta (KTM), 1’42,346”; Niccolò Antonelli (KTM), 1’42,452”; Romano Fenati (Husqvarna), 1’42,469”; Andrea Migno (Honda), 1’42,495; Matteo Bertelle (KTM), 1’42,714”; Jonh McPhee (Honda), 1’42,777”; Darryn Binder (Honda), 1’42,850”; Filip Salac (KTM), 1’42,860”; Jaume Masia (KTM), 1’42,882”. Treinaram mais 20 pilotos.

MotoE – Miguel Pons (Energica), 1’53,003”; Jordi Torres (Energica), 1’53,389”; Fermin Aldeguer (Energica), 1’53,878”; Lukas Tulovic (Energica), 1’54,094”; Eric Granado (Energica), 1’54,180”; …; André Pires (Energica), 1’58,513”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *