Chuva limitou corridas em Portimão

A bátega e água forçou os cancelamentos das primeiras mangas para todas as classes e foi com base nas segundas corridas que foram decididas as classificações desta segunda prova do ano, disputada no Algarve.

(auto.look2010@gmail.com)

Uma semana depois de ter iniciado a sua época com quatro dezenas de pilotos em pista, o Velocidade 2020, iniciativa promovida em conjunto pela Federação de Motociclismo de Portugal, o Motor Clube do Estoril e Motoval, desceu até ao sul de Portugal para se reencontrar com os fantásticos cenários do Kartódromo Internacional do Algarve.

“Paredes meias” com o Autódromo Internacional do Algarve, o palco da segunda jornada do cada vez mais popular troféu de iniciação à velocidade contou com 38 jovens pilotos em pista num dia que se mostrou chuvoso em contraste com o fim‑de‑semana anterior. A chuva acabou mesmo por forçar ao cancelamentos das primeiras mangas para todas as classes e foi com base nas segundas corridas que foram decididas as classificações desta segunda prova do ano.

Com os seus rápidos 1531 metros de perímetro o traçado revelou-se mais uma vez selectivo e esclarecedor quanto aos mais rápidos nas classes em discussão. Iker Romero foi o melhor no final das oito voltas da classe 1, mas teve que se empenhar para cruzar a linha de meta com apenas 734 milésimas de vantagem sobre Henrique Morais, deixando o terceiro classificado, Jorge Lomba, a mais de quatro segundos.

Na classe 2 foi Iker Romero quem dominou, terminando com mais de quatro segundos sobre Lourenço Vicente, este igualmente isolado face a Iker Martinez, o terceiro no pódio. Na mesma grelha de partida estiveram de novo as máquinas automáticas, com Carlota Carochinho a vencer na frente de Shengbo Sun e Tiago Tomé.

A vitória de Pedro Matos na classe 3 foi incontestada, mas atrás do piloto de Vila Nova de Santo André não faltou animação por força da luta que envolveu Rafaela Peixoto e Martim Jesus. Rafaela Peixoto acabou por ser segunda por pouco mais de meio segundo de diferença para o rival alentejano. Já na classe A foi Eric Romero a vencer face a Henrique Luís e Lucas Gaspar, todos eles separados entre si.

A próxima etapa do calendário irá levar pilotos e equipas até ao asfalto do Saki em Vila Nova de Santo André, realizando-se no dia 1 de Novembro.

CLASSIFICAÇÕES

CLASSE A

1.º Eric Romero                            com 10 voltas

2.º Henrique Luís                                   a 4,987s

3.º Lucas Gaspar                                  a 2 voltas

CLASSE 1

1.º Iker Romero                             com 8 voltas

2.º Henrique Morais                             a 0,734s

3.º Jorge Lomba                                    a 4,273s

4.º Martim Garcia                              a 12,283s

5.º Iker Martinez                                a 12,489s

CLASSE 2

1.º Iker Romero                            com 9 voltas

2.º Lourenço Vicente                          a 4,152s

3.º Iker Martinez                                 a 7,513s

4.º Jorge Lomba                                a 15,847s

5.º David Dias                                    a 29,295s

CLASSE 3

1.º Pedro Matos                       com 13 voltas

2.º Rafaela Peixoto                          a 23,790s

3.º Martim Jesus                              a 24,377s

4.º Lourenço Vicente                    a 43,290s

5.º Bárbara Magro                        a 44,732s

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: