Chuva embaraça 2.ª sessão de treinos livres

A chuva e o granizo que caíram no final da sessão de Moto3 e no intervalo entre a segunda sessão de treinos livres de Moto3 e MotoGP deixaram o asfalto molhado, com os pilotos a saírem para a pista com pneus de chuva, o que impedia a evolução dos tempos.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Foram poucos os pilotos que saíram para a pista na fase inicial da sessão, mas à medida que o asfalto foi secando todos entraram em acção embora tivessem ficado a cinco segundos do tempo feito de manhã, com o espanhol Iker Lecuona (KTM) a ser aquele que melhor se adaptou à irregularidade de aderência do asfalto e a fazer o melhor tempo, deixando o francês Johann Zarco (Ducati), mais rápido na sessão da manhã, a mais de três segundos.

O português Miguel Oliveira (KTM) fez o 14.º tempo da sessão e manteve o 15.º lugar, no conjunto das duas sessões, sendo o melhor da marca austríaca.

Apesar de terem encontrado o asfalto seco, a maior parte dos pilotos de Moto2 não conseguiram melhorar os seus tempos, com o australiano Remy Gardner (Kalex), que comanda o campeonato, a fazer o melhor tempo da segunda sessão, mas a ficar com o terceiro tempo no conjunto das duas sessões, mantendo-se o japonês Ai Ogura (Kalex) e o espanhol Augusto Fernandez (Kalex), os mais rápidos na sessão matinal, a serem os mais rápidos do dia.

Se é certo que o sul-africano Darryn Binder (Honda) voltou a ser o mais rápido, à frente do espanhol Pedro Acosta (KTM), mesmo sendo mais lento que na primeira sessão, a segunda sessão de treinos livres de Moto3 ficou marcada pela chuva, que começou a cair a 13’ do final da sessão, com todos os pilotos a recolherem às boxes e a darem por terminado o seu trabalho, ficando a valer os tempos feitos na sessão inaugural.

TEMPOS DOS TREINOS

MotoGP – Iker Lecuona (KTM), 1’27,520”; Johann Zarco (Ducati), 1’30,917”; Aleix Espargaro (Aprilia), 1’31,237”; Marc Marquez (Honda), 1’31,353”; Jack Miller (Ducati), 1’31,812”; Alex Marquez (Honda), 1’31,961”; Alex Rins (Suzuki), 1’32,190”; Pol Espargaro (Honda), 1’32,404”; Fábio Quartararo (Yamaha), 1’32,784”; Brad Binder (KTM), 1’33,319”; …; Miguel Oliveira (KTM); 1’33,951”. Treinaram mais seis pilotos

Moto2 – Remy Gardner (Kalex), 1’28,967”; Ai Ogura (Kalex), 1’29,099”; Raul Fernandez (Kalex), 1’29,154”; Sam Lowes (Kalex), 1’29,161”; Augusto Fernandez (Kalex), 1’29,209”; Lorenzo Dalla Porta (Kalex), 1’29,311”; Marco Bezzecchi (Kalex), 1’29,319”; Aron Canet (Boscoscuro), 1’29,336”; Marcel Schrotter (Kalex), 1’29,374”; Thomas Luthi (Kalex), 1’29,419”. Treinaram mais 20 pilotos

Moto3 – Darryn Binder (Honda), 1’36,752”; Pedro Acosta (KTM), 1’36,809”; John McPhee (Honda), 1’36,811”; Dennis Foggia (Honda), 1’36,850”; Deniz Oncu (KTM), 1’36,891”; Tatsuki Suzuki (Honda), 1’36,925”; Gabriel Rodrigo (Honda), 1’37,047”;Ayumu Sasaki (KTM), 1’37,113”; Sérgio Garcia (Gasgas); 1’37,136”; Izan Guevara (Gasgas), 1’37,166”; Treinaram mais 17 pilotos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *