Chuva criou um mar de condicionalismos

Jake Dennis obtém a primeira “pole position” para a sexta ronda da DHL Valencia E-Prix, com o português António Félix da Costa a partir da sexta linha.

PEDRO RORIX (auto.look2010@gmail.com)

A chuva que caiu durante a noite, na região de Valência, deixou o asfalto do Circuito Ricardo Tormo molhado, mas o dia amanheceu com sol e as linhas de trajectória foram secando com a passagem dos carros, o que contribuiu para que fossem os pilotos do último grupo a alcançarem os melhores tempos.

Na “Super Pole” sucedeu o mesmo, com o inglês Jake Dennis (BMW) a ser o último a entrar em pista, consequência de ter sido o mais rápido na qualificação, a garantir a “pole position”, com a ordem de partida a ser a inversa da ordem de entrada em pista, o que traduz de forma significativa a evolução das condições de aderência do asfalto.

O alemão André Lottterer (Porsche) penalizado em três lugares, em consequência dos acidentes provocados ontem, fez o segundo tempo, mas essa posição será ocupada pelo inglês Alex Lynn (Mahindra), com os Nio dos ingleses Tom Blomqvist e Oliver Turvey a partilharem a segunda, naquele que é o melhor resultado conjunto da marca.

O português António Félix da Costa (DS), 22.º no treino livre, integrou o segundo grupo a entrar para a pista e registou o terceiro tempo atrás do seu colega de equipa, o francês Jean-Eric Vergne (DS) e do inglês Alexander Sims (Mahindra). Uma situação o que o colocou na “Super Pole” mas que acabou por ficar com o 12.º tempo, largando da sexta linha da grelha.

GRELHA DE PARTIDA

1.ª linha: Jake Dennis (BMW), 1’28,548”; Alex Lynn (Mahindra), 1’29,737”; 2.ª linha: Tom Blomqvist (Nio), 1’30,202”; Oliver Turvey (Nio), 1’30,403”; 3.ª linha: André Lotterer (Porsche), 1’29,411; Norman Nato (Venturi), 1’30,489”; …; 6.ª linha: Alexander Sims (Mahindra), 1’33,479”; António Félix da Costa (DS), 1’33,604”. Alinham mais 12 pilotos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *