Ramos e Chaves são campeões de GT Open

Os pilotos Henrique Chaves e Miguel Ramos sagraram-se hoje campeões do International GT Open de 2020, após uma corrida de nervos.

(auto.look2010@gmail.com)

A dupla portuguesa Henrique Chaves e Miguel Ramos liderou quase toda a prova, apesar do carro da mesma equipa dos seus rivais na luta pelo título, com uma volta de atraso, tudo tenha feito para que o McLaren 720S GT3 da Teo Martín Motorsport perdesse o máximo de tempo possível, não respeitando as bandeiras azuis que lhe eram mostradas.

A três minutos da bandeirada de xadrez, então com Miguel Ramos aos comandos do carro número 59, Vincent Abril, que com Louis Prette era o outro candidato ao ceptro de 2020, deu um toque no piloto português, atirando-o para a escapatória, onde ficou atascado.

O piloto de Vila Nova de Gaia ainda terminaria no 11.º lugar, mas era insuficiente para que o duo luso pudesse assegurar o título. Contudo, no final da corrida, os Comissários Desportivos consideraram a manobra de Vincent Abril anti-desportiva, castigando-o com uma penalização de 10 lugares na classificação final.

Com esta decisão, Henrique Chaves e Miguel Ramos conquistam o título de campeões do International GT Open de 2020, com 114 pontos, duas vitórias, e seis pódios em doze corridas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: