Charles Leclerc extasiou “tiffosi” em Monza

Monegasco tomou-lhe o gosto. Depois do triunfo no Grande Prémio da Bélgica de Fórmula 1, em Spa-Francorchamps, o piloto da Ferrari “subjugou” a concorrência em Monza, ao ser o mais rápido nas duas sessões de treinos livres.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Num traçado onde a velocidade de ponta é determinante para a obtenção de um bom resultado, a Ferrari, de novo pelo monegasco Charles Leclerc, tal como há uma semana, em Spa-Francorchamps, dominou as duas sessões de treinos livres para o Gran Prix Heineken d’Italia para satisfação dos “tiffosi”, que acorreram ao traçado de Monza, desejosos de ver a marca italiana triunfar, no ano em que comemora 90 anos de competição.

O que não estava no programa era a chuva, que acabou por condicionar as duas sessões de treinos, em especial a primeira, uma vez que os melhores tempos foram efectuados nos derradeiros minutos quando as condições de aderência melhoraram, o que explica que, na sessão matinal, tenha sido o espanhol Carlos Sainz (McLaren/Renault) e o inglês Lando Norris (McLaren/Renault) a sucederem ao monegasco no topo da tabela de tempos.

Da parte da tarde houve melhoria das condições atmosféricas, com Charles Leclerc a manter o domínio exibido de manhã, sendo o único a chegar ao segundo “20”, mas o inglês Lewis Hamilton (Mercedes) conseguiu intrometer-se entre os dois homens da Ferrari, mostrando que as previsões feitas podem vir a ser alteradas.

O finlandês Valtteei Bottas (Mercedes) acabou por registar o quarto tempo, à frente do dois homens da Red Bull, com o holandês Max Verstappen (Red Bull/Honda) a estrear um novo motor, o que vai implicar o descida de cinco lugares na grelha de partida, e o tailandês Alexander Albon (Red Bull/Honda) a secundar o seu colega de equipa, com os pilotos daas três marcas dominadoras a ocuparem as seis primeiras posições da tabela de tempos.

O francês Pierre Gasly (Toro Rosso/Honda) foi o “melhor dos outros”, à frente do seu compatriota Romain Grosjean (Haas/Ferrari), do australiano Daniel Ricciardo (Renault) e do russo Daniil Kvyat (Toro Rosso/Honda) que completaram o lote dos 10 mais rápidos.

O finlandês Kimi Raikkonen (Alfa Romeo/Ferrari) e o mexicano Sergio Perez (Racing Point/Mercedes) que de manhã tinham sido surpreendidos pelas condições de aderência da pista, não evitando despistes que os impediram de marcar tempos, conseguiram de tarde, reparados os estragos nos seus monolugares, rodar com o finlandês a registar o 14.º tempo e o mexicano o 16.º.

Este sábado tem lugar a terceira sessão de treinos livres, de manhã, e a qualificação, à tarde.

Tempos dos treinos livres

PILOTO CARRO MOTOR 1.º TREINO 2.º TREINO
Charles Leclerc Ferrari SF90 Ferrari 1’27,905″ 1’20,978″
Lewis Hamilton Mercedes W10 Mercedes 1’28,730″ 1’21,046″
Sebastian Vettel Ferrari SF90 Ferrari 1’30,507″ 1’21,179″
Valtteri Bottas Mercedes W10 Mercedes 1’30,596″ 1’21,347″
Max Verstappen Red Bull RB15 Honda 1’30,100″ 1’21,350″
Alexander Albon Red Bull RB15 Honda 1’29,025″ 1’21,589″
Pierre Gasly Toro Rosso STR14 Honda 1’30,695″ 1’22,124″
Romain Grosjean Haas VF-19 Ferrari 1’35,980″ 1’22,153″
Daniel Ricciardo Renault RS19 Renault 1’34,528″ 1’22,249″
Danill Kvyat Toro Rosso STR14 Honda 1’29,960″ 1’22,260″
Nico Hulkenberg Renault RS19 Renault 1’35,133″ 1’22,338″
Carlos Sainz McLaren MCL34 Renault 1’28,211″ 1’22,482″
Kevin Magnussen Haas VF-19 Ferrari 1’34,715″ 1’22,511″
Kimi Raikkonen Alfa Romeo C38 Ferrari sem tempo 1’22,523″
Lance Stroll Racing Point RP19 Mercedes 1’33,976″ 1’22,706″
Sergio Perez Racing Point RP19 Mercedes sem tempo 1’22,882″
Antonio Giovinazzi Alfa Romeo C38 Ferrari 1’32,848″ 1’23,065″
Lando Norris McLaren MCL34 Renault 1’28,450″ 1’23,561″
Roberto Kubica Williams FW 42 Mercedes 1’37,816″ 1’23,737″
George Russell Williams FW 42 Mercedes 1’39,421″ 1’24,313″

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *