Certificação ACP Clássicos na Art of Speed

Art of Speed – Oficina de Manutenção e Competição Automóvel promove, em conjunto com o Automóvel Club de Portugal, uma operação de Certificação para Veículos de Interesse Histórico no próximo dia 29 com marcação prévia pelo e-mail: geral@artofspeed.pt

CARLOS SOUSA (carlos.sousa@autolook.pt)

Com vista à certificação de veículos com interesse histórico, as instalações da Art of Speed, na Zona Industrial de Souselas, em Coimbra, abrem as portas no próximo dia 29 do corrente mês. Esta acção, promovida em conjunto com o Automóvel Club de Portugal (ACP), decorre à semelhança de outras do género, com a certeza de que os veículos com mais de 30 anos passam a estar isentos da inspecção obrigatória, desde que certificados como sendo de interesse histórico.

Trata-se de uma medida que está de acordo com o decreto-lei 144/2017 que regula o regime de inspecções técnicas de veículos a motor, publicado em finais de Novembro daquele ano em Diário da República e que estipula esse requisito, desde o dia 1 de Janeiro de 2018. Para além disso, a operação na Art of Speed permite aos automóveis certificação poder circular livremente em zonas que têm circulação condicionada como acontece, por exemplo, em certas zonas da cidade de Lisboa e também é uma grande ajuda junto às Companhias Seguradoras, pois certifica que o automóvel tem interesse histórico, não sendo assim tratado como um automóvel qualquer.

Perante este cenário, Art of Speed terá, no próximo dia 29 de Janeiro, a oportunidade de testar as viaturas históricas com o certificado de qualidade, numa operação supervisionada por técnicos do ACP, entidade de utilidade pública que certifica em todo o país viaturas de interesse histórico. Os interessados terão de efectuar a presença nas instalações da Art of Speed a partir de marcação prévia, através do e-mail: geral@artofspeed.pt

Refira-se que são considerados nesta categoria os veículos com pelo menos 30 anos de matrícula, de um modelo já não fabricado, objecto de conservação histórica, mantendo o seu estado original e sem características técnicas com alterações significativas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *