Castera sucede a Lavigne na direcção do Dakar

A ASO trocou Etienne Lavigne por David Castera no comando geral da mítica prova do Dakar. A missão não se apresenta em nada facilitada, mas a experiência do francês pode ser o motor para abrir caminho para o regresso da competição ao seu “habitat” natural…

CARLOS SOUSA com agências (auto.look2010@gmail.com)

David Castera é o novo rosto do Rali Dakar

A Amaury Sports Organisation (ASO) procedeu a uma troca de comando na organização do Rali Dakar. Depois de 15 anos de bons serviços prestados, incluindo todos os eventos realizados em território sul-americano e as últimas edições em África, Etienne Lavigne deixa a direcção-geral do evento organizado pela ASO e passa a ocupar um outro cargo na mesma empresa.

Para o seu lugar foi designado um homem bem conhecido: trata-se de David Castera que já exerceu funções da qualidade de director desportivo e que participara em provas como navegador em modelos Peugeot e Mini, trabalhando com Cyril Despres e, na última edição do Dakar, fez equipa com Stéphane Peterhansel, com quem partilhou o MINI John Cooper Works Buggy #304 da X-Raid MINI John Cooper Works Team.

David Castera, francês de 48 anos, é quem estará a frente de tudo para a prova que acontecerá em 2020 e as nas próximas. Aliás, sobre o Rali Dakar do próximo ano, embora o ASO tenha confirmado que existiram conversações para que o evento retornasse às suas origens, não está descartada a continuidade da prova na América do Sul.

Etienne Lavigne e David Castera

A Argentina, presente em todas as edições – menos na última – não deve receber a caravana do Dakar, salvo uma condição excepcional. O investimento será todo no GP da Argentina de Motociclismo, disputado no circuito de Termas de Río Hondo, que está garantido no calendário pela Dorna até 2021. O subsecretário de turismo da região de Santiago del Estero, Ricardo Sosa, foi avisado de que o Dakar «não é prioridade» no país.

Para já, certeza, certeza, há só uma: David Castera, antigo piloto de motos e automóveis, será o novo director do Dakar na próxima edição. O regresso do mais duro rali de todo-o-terreno a solo africano está agora nas mãos de David Castera.

Numa curta mensagem postada hoje na sua página de Facebook, o francês anunciou que tinha «acabado de tomar a direcção do Rally Dakar dentro de ASO». No entanto, David Castera também deixou vincado que «fica na cabeça do Rali de Marrocos sobre o qual vou continuar a empregar a minha experiência e a minha visão do Rali Raid».

Por outro lado, o francês sublinhou ainda que «estamos a pensar em sinergias entre o Dakar e o Rali de Marrocos». «Obrigado pela vossa confiança, até breve», foi com estas seis palavras apenas que David Castera finalizou a pequena nota.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação