Cartaz do Constálica Rallye Vouzela desenhado a lápis

O pintor e ilustrador brasileiro a residir em Vouzela há três anos é o autor do desenho do cartaz da oitava edição do Constálica Rallye Vouzela 2021. Bob Targino necessitou cerca de 30 horas para delinear o cartaz a lápis e, o resultado, é brilhante.

(auto.look2010@gmail.com)

O cartaz do Constálica Rallye Vouzela 2021 desenhado por Bob Targino teve duas fases e no final traduz os elementos que a organização traçou para a edição da prova deste ano, na estrada nos próximos dias 11 e 12 de Setembro. O artista brasileiro, natural de S. Paulo, empregou a paixão pela ilustração para dar corpo a um inovador quadro que enobrece a competição do Gondomar Automóvel Sport promovida pela Promolafões.

Bob Targino vive em Vouzela há três anos e dedica-se, em exclusivo, à ilustração, graffiti, pintura artística e tatuagem. Uma arte que aprendeu a gostar muito antes de dar os primeiros passos na escola para aprender a ler e a escrever. Foi já nos primeiros anos de escolaridade que apurou o dom de pintor e ilustrar, tornando-se artista de renome internacional.

Conhecedor dos atributos do artista brasileiro, José Correia, responsável pela Promolafões, incumbiu-o de destacar o Constálica Rallye Vouzela através do papel e do lápis, como forma de vincar os valores ambientais, assim como promover o património da região da Beira Alta, na fértil zona de Lafões. Por outro lado, a iniciativa visou também de enaltecer as gentes do território, como forma de conceber mais-valias e aproximar cada vez mais as pessoas.

Bob Targino agarrou a oportunidade com as duas mãos e desenhou uma obra de arte, além de estar no centro de uma conjunção de esforços «para ostentar as emoções dos ralis, uma disciplina automóvel que nunca vivi de perto, mas que terei agora a ocasião de imiscuir-me entre os aficionados».

O artista paulista confessou ser «um apaixonado por Vouzela», encontrando na vila o refúgio predileto, «pelos mais diversos motivos, entre os quais o ambiente, a gastronomia, as pessoas, a qualidade de vida, a beleza dos locais», enfim, propriedades que resumem o que de excelente tem Portugal».

Em Vouzela há cerca de três anos, Bob Targino descobriu «o território através de uma amiga, com que mantinha contacto pelas redes sociais, acabando por ser o principal motor que deu azo a deixar o Brasil, “soltando-me” do caos urbano paulista e radicar-me no paraíso onde pretendo permanecer até ao fim dos meus dias, embora pretenda conhecer ostros lugares», confidenciou.

O Constálica Rallye Vouzela, que sempre outorgou o valor aos artistas locais, é um veículo por excelência para projetar o turismo local, regional e nacional, ampliando a reputação do destino turístico numa região em articulação com uma estratégia de competitividade e, naturalmente, de desenvolvimento da economia. O pintor e ilustrador brasileiro Bob Targino já começou por destacar a competição como um cartaz singular e que vai, com toda a certeza, correr mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *