Carlos Sainz e Toby Price vencem 5.ª etapa

O piloto espanhol reforça liderança nos automóveis, com francês Stéphane Peterhansel, navegado pelo português Paulo Fiúza, terminar a tirada na terceira posição. Já o australiano dá novo lento à KTM, ao ganhar um pouco mais de três minutos ao líder Ricky Brabec que foi quarto na etapa. O português da Hero, Paulo Gonçalves, foi 10.º na etapa.

(auto.look2010@gmail.com) – EM ACTUALIZAÇÃO

O espanhol Carlos Sainz (Mini Buggy)) venceu hoje a quinta de 12 etapas do Rali de Dakar de todo-o-terreno, entre Al-ula e Hail, na Arábia Saudita, e consolidou a liderança na categoria dos automóveis. O espanhol gastou 3h52m01s para cumprir os 353 quilómetros, do Sector Selectivo de uma etapa que tinha um total de 564 quilómetros, deixando o qatari Nasser AL-Attiyah (Toyota Hilux) na segunda posição, a 2m56s.

O francês Stéphane Peterhansel (Mini Buggy), navegado pelo português Paulo Fiúza, terminou na terceira posição, a 6m11s do companheiro de equipa, e atrasou-se na luta pela vitória. Carlos Sainz tem agora 5m59s de vantagem sobre Nasser Al-Attiyah, segundo colocado, com Stéphane Peterhansel e Paulo Fiúza, em terceiro, já a 17m53s.

Na sexta-feira, disputa-se a sexta etapa do Dakar, entre Hail e Riad, com 830 quilómetros, 477 deles cronometrados, antes do dia de descanso, no sábado.

PAULO GONÇALVES TERMINOU ETAPA NO 10.º LUGAR

Nas motos o triunfou o australiano Toby Price, actual campeão. O australiano da KTM tornou-se no primeiro piloto a repetir uma vitória nas motos nesta 42.ª edição do Rali Dakar de todo-o-terreno, ao vencer a quinta das 12 etapas da prova, na Arábia Saudita.

O piloto da KTM gastou 3h57m33s para cumprir os 353 quilómetros do Sector Selectivo de uma tirada que tinha um total de 564, deixando o chileno Pablo Quintanilha (Husqvarna), segundo, a 1m12s. O norte-americano Andrew Short (Husqvarna), antiga estrela do supercross americano, fechou o pódio, a 2m31s.

Paulo Gonçalves (Hero) voltou a ser o melhor português, terminando na 10.ª posição, a 13m52s minutos de Toby Price. O dia ficou ainda marcado pela desistência do britânico Sam Sunderland (KTM), um dos candidatos à vitória, devido a uma queda que lhe provocou lesões nas costas e num ombro.

Com estes resultados, o norte-americano Ricky Brabec (Honda) manteve a liderança da categoria das motos, com 9m06s de avanço sobre Toby Price, que ascendeu ao segundo lugar. O argentino Kevin Benavides (Honda) é terceiro, a 11m32s.

Na sexta-feira, disputa-se a sexta etapa do Dakar, entre Hail e Riad, com 830 quilómetros, 477 deles cronometrados, antes do dia de descanso, no sábado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: