Carlos Martins na frente do Rali de Serpa

Piloto alentejano, que faz equipa com Daniel Amaral, conduziu o Mitsubishi Lancer EVO VII ao topo da classificação do Rali Flor do Alentejo – Cidade de Serpa, competição pontuável para o Campeonato Sul de Ralis e Desafio Kumho Portugal Sul. Fernando Peres segue em segundo…

CARLOS SOUSA (carlos.sousa@autolook.pt) – Fotos: RUI FONSECA / MONDEGOSPORT

A 5.ª prova do Campeonato Sul de Ralis e pontuável, para o Desafio Kumho Portugal Sul, est+a ao rubro. A dupla Carlos Martins e Daniel Amaral, aos comandos de um Mitsubishi Lancer EVO VII), lidera ao cabo do primeiro dia de prova, com o tempo de 18m51,7s, menos 2,9 segundos que Fernando Peres e José Pedro Silva, em Mitsubishi Lancer EVO IX. O piloto alentejano imprimiu um ritmo muito rápido na abordagem na dupla passagem pela especial de Brinches, ganhando preciosa vantagem, muito embora o experiente portuense da Peres Competições também tenha reproduzido idêntica “assalto” nos pisos de terra de Serpa e encerrou o dia inaugural a escassos 2,9 segundos do topo da classificação.

Na terceira posição encontra-se Fernando Teotónio, navegado por Luís Ribeiro. O piloto do Fundão, que no pretérito fim-de-semana logrou o triunfo no asfalto do Constálica Rallye Vouzela, desta vez a estratégia parece não ter reflexos positivos como ambicionava com o Mitsubishi Lancer EVO IX, afastado do primeiro lugar por 35,8s.

Também ao volante de um Mitsubishi Lancer Evo IX, as duplas João Martins/Pedro Conde e João Bica/Carlos Santos, encerram o primeiro dia do Rali Flor do Alentejo – Cidade de Serpa na quarta e quinta posição, a 1m02,5s e 1m06,3s, respectivamente de Carlos Martins e Daniel Amaral.

Com o domínio dos Mitsbishi Lancer a ocuparem todos os lugares até ao “top ten”, Márcio Marreiros, que faz equipa com José Martins, ocupa a sexta posição, a 1m07,3, enquanto Daniel Ferreira e Rodrigo Pinheiro está no 7.º posto, a 1m08,6s, cabendo ao piloto do Cartaxo, Luís Mota, navegado por Sandra Ramos, o oitavo ligar, 1,14,6s.

Eduardo Antunes/ Hugo Bentes e Paulo Barata/Filipe Fernandes “Fifé” ocupam os restantes lugares do “top ten”, a 1m17,8s e 1m59,5s dos líderes, respectivamente, com o conimbricense Paulo Correia, navegado por Filipe Oliveira, do Sebal, Condeixa, a cotar-se o 11.º mais rápido e primeiro entre os pilotos das Duas Rodas Motrizes (2RM).

Ao volante de um Renault Twing R2, o piloto de Coimbra gastou mais 2m18,7s para o líder da prova organizada pela Secção de Motorismo da Sociedade Artística Reguenguense, com João Monteiro e Gonçalo Assunção, em Toyota Corolla GTI 2.0, logo a seguir. O piloto JParreira – Auto Eléctrica, apoiado por AUTOLOOK.PT, não se deixou intimidar com problemas numa roda do carro da marca nipónica, e respondeu cabalmente à “provocação” do seu mais directo opositor, partindo para o segundo dia separado por 17 segundos.

A dupla de Coimbra, Alexandre Ferreira e Paulo Amorim, em Peugeot 309, segue na 13.ª posição, a 2,1 segundos do alentejano de Ourique radicado em Portimão. Refira-se que, tamto Paulo Correia, como Alexandre Ferreira, não pontuam para o Campeonato Sul de Ralis, pelo que a dupla João Monteiro e Gonçalo Assunção, continuam a sua missão de forma eficiente rumo ao título nas 2RM.

Para este domingo estão previstas duas passagens pelas especiais de Flor do Alentejo (13,92 km – 9h53 e 12h14) e Santa Iria (9,12 km – 10h26 e 12h47), com a cerimónia de entrega de prémios agendada para as 15h30, junto ao Parque Fechado, na cidade alentejana de Serpa.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação