Carlos Cruz: “Desejamos o rali em Março em 2022”

Na hora de fazer o balanço do Rally Serras de Fafe e Felgueiras que, pela primeira vez, integrou o calendário do Campeonato da Europa (FIA ERC), Carlos Cruz, presidente do Demoporto – Clube de Desportos Motorizados do Porto, organizador da prova, revelou-se satisfeito.

(auto.look2010@gmail.com)

Carlos Cruz

«De um modo geral, o nosso objetivo foi cumprido. É evidente que há sempre um ou outro detalhe a aperfeiçoar, em termos de futuro, sobretudo a nível de itinerário, mas estamos satisfeitos pela forma como o rali decorreu», começou por revelar Carlos Cruz.

De acordo com o presidente do Demoporto – Clube de Desportos Motorizados do Porto, «claro que preferíamos que não tivesse chovido na segunda metade da primeira etapa, mas quanto a isso nada podemos fazer». «De qualquer modo, e por aquilo que constatei, tanto equipas como pilotos ficaram agradados com a prova que lhe foi proporcionada».

«Esperamos, na edição de 2022, que o Rally Serras de Fafe e Felgueiras volte à sua data de sempre, que é no mês de Março, o que poderá significar, e oxalá se confirme, o adeus da pandemia», acrescentou o dirigente portuense.

Ainda em relação a 2022, se é um dado adquirido que o Rally Serras de Fafe e Felgueiras vai sofrer alterações, quando a detalhes Carlos Cruz não quis antecipar nada:

«Ainda não tenho nada definido em concreto, mas uma das hipóteses é apresentar as mesmas classificativas de outra maneira, com novas variantes. É justo e imperioso agradecer o esforço de todas as edilidades envolvidas no rali, Fafe, Felgueiras e Vieira do Minho, endereçando ainda os parabéns aquela cuja classificativa, embora não sendo nova, foi elogiada por todos: Boticas».

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *