Campeões PTRX fazem a festa no Alto do Roçário

O regresso dos Supercar e as decisões finais da época vão ser as sílabas tónicas do 45.º Ralicross de Sever do Vouga. Se Jorge Gonzaga, Pedro Tiago e João Ribeiro são já virtuais campeões, outros tudo farão para lhes seguir as pisadas, entre os quais Rodrigo Correia, na Iniciação…

(autolook2010@gmail.com)

LISTA DE INSCRITOS Uma lista de inscritos que pauta pela qualidade vai ser um dos pontos marcantes da prova que vai decidir todos os campeonatos. O Vouga Sport Clube vai estar ao leme da última prova do PTRX 2019 e se é certo que Jorge Gonzaga, Pedro Tiago e João Ribeiro são já virtuais campeões, é igualmente certo que tudo o mais está ainda em aberto.

Na Iniciação, o jovem piloto Rodrigo Correia, de Oliveira de Frades, é o líder indubitável do referido campeonato e está a um pequeno passo de colher o louro do título nacional, uma meta próxima de concretizar. Naturalmente que Rodrigo Correia, jovem piloto assistido pela AutoJac, está pronto para a festa do título, já que tem tudo para se sagrar campeão, bastando alinhar nos treinos e o piloto sagra se campeão nacional de ralicross de iniciados. Mas se tal não acontecer, aí entra Gonçalo Macedo que tem ainda uma palavra a dizer, no que ao título diz respeito.

No Nacional 2RM, são 22 pontos que separam os três primeiros. João Novo está na frente, com 227 pontos e Andreia Sousa está apenas a dois. Para baralhar ainda mais, Adão Pinto está à espreita de uma “tropeção” de um dos dois da frente para agarrar a coroa de campeão. Não é fácil, mas é matematicamente possível. Vão ser oito os inscritos e de Toyota Starlet teremos Ricardo Soares que estamos mais habituados e ver aos comandos do Citroën Saxo S1600.

Pedro Matos volta a competir com o Citroën DS3 Supercar e Joaquim Santos regressa com o Ford Focus Supercar. Juntam-se-lhes os Subaru Impreza da Divisão 2, de Daniel Pacheco e do virtual campeão, Jorge Rodrigues.

Mauro Reis ou Nelson Barata, eis a questão. Mauro Reis está na frente dos Super Buggy, com 16 pontos de vantagem, mas as vitórias foram divididas entre ambos e Nelson Barata ganhou a última.

PEDRO ROSÁRIO: NOME DE PESO EM SEVER DO VOUGA

No Kartcross Jorge Gonzaga tem o campeonato na mão, desde a prova de Montalegre II, mas o segundo posta está ainda longe de estar decidido. Rui Nunes está na melhor posição para o “vice”, mas tem completamente “colado” um nome de peso: Pedro Rosário. Para ajudar às contas, Nuno Bastos está igualmente próximo e, por isso, na luta.

Luís Almeida vai competir, com o LBS Motorclube RX01 e, como é habitual, vai lutar pelos lugares cimeiros, esperando que não aconteçam os toques e os empurrões, que tanto o prejudicaram esta temporada. Luís Almeida encontra-se na quinta posição do campeonato e poderá terminar em segundo ou terceiro, mas depende de outros para que isso aconteça.

Alexandre Borges, jovem piloto nelense, parte motivado para Sever do Vouga, ambicionando continuar a rodar entre os mais rápidos e lutar por um lugar no “top five” num fim-de-semana que promete muita emoção, no fecho das contas do campeonato. Tem sido uma época interessante para o piloto de Nelas, satisfeito com alguns cronos que conseguiu realizar, nesta que é apenas a sua segunda época completa no campeonato.

Se é certo que na Nacional A1.6 Pedro Tiago já pode (virtualmente) cantar vitória, para o segundo posto está ao rubro, com Américo Sousa e Leonel Sampaio, a serem os galos para aquele poleiro. Um dos candidatos é o piloto do Stand Top Car, que alinha num Citroën Saxo, viatura preparada e assistida pela Kaxa & Motor. Leonel Sampaio encontra-se na terceira posição, a 11 pontos do piloto que o precede. Com essa diferença pontual, Leonel Sampaio não dependerá só de si, para conseguir o título de vice-campeão, o que torna mais difícil, mas não impossível, o seu objectivo.

JOAQUIM MACHADO ACELERA PARA “VICE” NA SUPER 1600

Na Super 1600 as coisas estão parecidas. João Ribeiro (virtualmente) renovou o título, mas o segundo posto está ainda em aberto, com uma diferença: aqui são três os galos para esse poleiro. Joaquim Machado é quem está em melhor posição para ser segundo, mas logo atrás vêm Mário Teixeira e Hélder Ribeiro e todos sabemos como qualquer décima de segundo pode ser meio caminhos para a vitória, ou meio caminho para derrota.

Na categoria mais competitiva de todo o panorama do Ralicross, Joaquim Machado, ao volante do seu bonito Peugeot 208, chega a Sever do Vouga na segunda posição do campeonato, já sem hipóteses de lutar pelo título. Por isso, os objectivos para esta prova passam por lutar para ganhar, de forma a consolidar essa segunda posição com uma vitória.

A última prova do campeonato vai iniciar-se no próximo sábado (dia 12), às 14h00, com a realização de treinos e primeiras corridas de qualificação. No domingo o programa “reabre” às 9h00, com o warm-up, seguem-se as derradeiras corridas de qualificação e fase final está agendada para a parte da tarde. Os bilhetes podem ser comprados nas bilheteiras da pista do Alto do Roçario, custam 5 euros para sábado, 9 para domingo e o bilhete de fim-de-semana, tem um preço de 10 euros.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação