Calor extremo “trava” Rali de Viana do Castelo

Por causa do risco acrescido de incêndios florestais, devido ao calor extremo, Portugal continental encontra-se em estado de alerta entre as 00h00 de sexta-feira e as 23h59 de 15 de julho, pelo que o Rali de Viana do Castelo não vai para a estrada este sábado, ficando adiado para data a designar.

CARLOS SOUSA (auto.look2010@gmail.com)

«O Rali de Viana do Castelo não irá arrancar este sábado para a 2.ª secção, depois de disputada a super-especial esta sexta-feira à noite presenciada por milhares de espectadores, a qual acabará por não ter qualquer efeito competitivo», refere a organização em comunicado.

Ao longo do dia desta sexta-feira o Clube Automóvel de Santo Tirso (CAST) e a Câmara Municipal de Viana do Castelo tentaram por todos os meios «encontrar uma solução para dar as garantias necessárias após o despacho de situação de alerta decretado pelo Governo em virtude das altas temperaturas previstas para o fim de semana», refere a estrutura organizativa em nota de imprensa enviada ao autolook.pt

«A solução encontrada e proposta passou pelo encurtamento da prova com vista a garantir todas as condições de segurança na situação de alerta, no entanto, a menos de uma hora do arranque da competição, a GNR não aceitou as garantias apresentadas e a prova fica impedida de continuar no dia deste sábado, ficando adiada para data a designar», pode ler-se no comunicado do CAST.

Refira-se que seis distritos de Portugal continental estão em alerta laranja, o segundo mais elevado, desde esta sexta-feira devido ao risco elevado de incêndio florestal, anunciou a Proteção Civil. Viseu, Vila Real, Bragança, Guarda, Castelo Branco e Santarém são os seis distritos, disse o comandante Nacional de Emergência e Proteção Civil, André Fernandes, adiantando que os restantes 12 distritos estarão em alerta amarelo, o terceiro mais elevado.

André Fernandes falava aos jornalistas na sede da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, em Carnaxide, Oeiras. Por causa do risco acrescido de incêndios florestais, devido ao calor extremo, Portugal continental vai estar em estado de alerta entre as 00h00 de sexta-feira e as 23h59 de 15 de julho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.