C. Santos deseja Natal seguro com bons travões

Numa altura em que milhares de portugueses se preparam para fazer-se à estrada para se juntarem às suas famílias para o Natal, a SocAdvice, iniciativa da Sociedade Comercial C. Santos disponibiliza curtos vídeos protagonizados por colaboradores da empresa com conselhos úteis de após-venda, deixa alguns conselhos importantes para perceber o estado de um dos mais importantes componentes para a segurança do automóvel: os travões.

(auto.look2010@gmail.com)

A SocAdvice, iniciativa da Sociedade Comercial C. Santos de curtos vídeos protagonizados por colaboradores da empresa com conselhos úteis de após-venda, está prestes a cumprir um ano de existência. Para assinalar a data, os vídeos contam com um novo grafismo, mas o mesmo objetivo de sempre: ajudar os automobilistas a aumentarem a segurança e longevidade das viaturas.

O mais recente vídeo – pode ser visto aqui acima, nesta peça – é dedicado aos travões e é apresentado por Nuno Pinheiro, especialista do após-venda do concessionário Mercedes-Benz e smart. Embora em menor número do que em outros anos devido ao combate à pandemia, a quadra natalícia é um período de excelência para os portugueses se deslocarem nas estradas para se juntarem à família por alguns dias. Nada melhor do que ter em atenção a segurança da viatura para que este período seja recordado apenas pelos melhores motivos.

Dificilmente haverá um componente tão importante para o funcionamento e segurança de um automóvel como o sistema de travagem. Graças a uma rede de mecanismos, hidráulicos e electrónicos, os automóveis podem parar no mais curto espaço possível, em segurança.

Os sistemas de segurança ativa e de apoio à condução (como por exemplo controlo de estabilidade, assistência à travagem ativa e o sistema de prevenção de colisão, entre outros) exigem muito dos componentes do sistema de travagem.

Apesar da viatura alertar o utilizador para a necessidade de substituir as pastilhas de travão, existem outros componentes que requerem verificação sistemática e regular por um técnico. Há, além disso, sinais de que devemos ir com a maior urgência à oficina, aos quais o condutor pode estar atento. Desde logo, uma luz avisadora no painel de instrumentos do automóvel.

MEDIÇÕES RIGOROSAS

A CADA MANUTENÇÃO PROGRAMADA

Outros sinais são a firmeza do pedal do travão ser maior ou menor do que o habitual, a existência de ruídos estranhos no processo de travagem ou uma vibração no pedal de travão. Por fim, se a travagem do veículo deixar de ser uniforme e o carro tiver tendência a dar “guinadas”, é outro sinal de aviso.

O bom estado dos travões é fortemente influenciado pelo tipo de condução. Quanto mais defensiva e previdente é a condução, maior é a longevidade destes componentes.

Porém, independentemente do tipo de condutor, importa que seja feita a verificação periódica por uma especialista da oficina autorizada do sistema de óleo dos travões, bem como de pastilhas e discos. Em cada revisão, os técnicos da oficina autorizada medem com rigor os componentes do sistema de travagem do automóvel, assegurando, assim, o seu funcionamento e eficácia.

IMPORTÂNCIA DA MANUTENÇÃO

Os automóveis, como todos os bens que temos de necessidade de utilizar no nosso dia a dia, têm tanto melhor funcionamento quanto melhor é o seu uso e manutenção. Isso é sinónimo de maior tempo de vida útil, menos avarias, melhor desempenho ambiental e, mais importante de tudo, mais segurança rodoviária.

O programa SocAdvice surge neste âmbito e propõe-se partilhar alguns conselhos úteis de após-venda nas redes sociais da Sociedade Comercial C. Santos. Estas dicas são publicadas periodicamente nas plataformas digitais (Blog, YouTube, Facebook, Instagram e Twitter) em que o concessionário tem presença. Pode consultar aqui todos os episódios da SocAdvice.

Fundada em 1946, a Sociedade Comercial C. Santos tem instalações no Porto, Maia (Aeroporto) e Felgueiras. Um dos maiores concessionários Mercedes-Benz, smart e AMG em Portugal, a empresa comercializa viaturas e peças e presta serviço pós-venda a veículos ligeiros de passageiros, ligeiros de mercadorias e pesados de passageiros e de mercadorias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.