Buhler supremo na Baja TT do Pinhal

Piloto da Hero venceu no regresso à competição, numa prova em que Ruben Alexandre foi o mais forte nos quads e, depois de uma corrida renhida nos SSV, João Dias saiu da região da Beira Baixa com o triunfo no bornal.

(auto.look2010@gmail.com)

Sebastian Buhler foi o vencedor da edição de 2020 da Baja TT do Pinhal. O piloto da Hero foi o mais rápido em todos os Sectores Selectivos da ronda pontuável para a Taça do Mundo FIM de Bajas, Europeu de Bajas e Campeonato Nacional de TT. O segundo lugar do pódio foi entregue a Adam Tomiczek, enquanto António Maio concluiu a ronda organizada pela Escuderia Castelo Branco na terceira posição. Nos quads, Ruben Alexandre foi o vencedor, enquanto João Dias ficou com o primeiro lugar entre os SSV.

Líder no final do dia inaugural da competição, Sebastian Buhler voltou à carga na segunda etapa. Bem cedo, entrou na pista do segundo sector selectivo, que ligou Vila Velha de Ródão à Sertã. Andou sempre na frente e voltou a ser o mais rápido, com os polacos, Tomiczek e Giemza, a completarem este percurso no segundo e terceiros lugares, respectivamente.

Com este desempenho, Sebastian Buhler consolidou a liderança e entrou para o derradeiro sector com mais de três minutos de vantagem sobre Adam Tomiczek. Durante a manhã, o polaco da Husqvarna subiu de quarto a segundo. Giemza desceu para terceiro, enquanto António Maio, em Yamaha, que era segundo no final da primeira etapa, fechou o sector no quarto posto da geral.

À tarde, voltou a ser Buhler a mandar. Acabou com uma vantagem para Tomiczek que só não foi maior porque recebeu uma penalização de três minutos, por atraso num dos controlos.

António Maio não começou o último dia de competição tão forte como na véspera, mas tentou recuperar no derradeiro sector e ainda fechou no pódio.

«Foi tudo impecável. No sector da tarde encontrámos o terreno completamente diferente do da manhã. Já estava muito seco. Até fazia pó. Mas é bom para treinar em todo o tipo de terrenos numa corrida só. A organização está de parabéns», salientou Sebastian Buhler no final da Baja TT do Pinhal.

RUBEN ALEXANDRE

DOMINOU ENTRE OS QUADS

Com uma participação de quads assinalável, a categoria foi dominada por Ruben Alexandre. O piloto do Yamaha YFZ450R nem sempre foi o mais rápido, mas mostrou que a consistência é mais importante do que a velocidade pura neste tipo de provas. Alexandre terminou à frente do campeão nacional em título, Luís Engeitado, enquanto João Vale, que mostrou rapidez nestas pistas, ficou para trás devido a problemas de combustível ainda no primeiro dia.

«A etapa de hoje correu bem. Tinha de controlar. O Engeitado tinha uma desvantagem de três minutos. Sabia que tinha essa pequena vantagem e tinha de ser o mais certinho possível para não cometer nenhum erro, chegar ao fim e obter a vitória», afirmou Ruben Alexandre.

CORRIDA SSV

DE FAZER SUSTER A RESPIRAÇÃO

João Dias foi a estrela maior na constelação de SSV que encheu a Baja TT do Pinhal. A competir sem ajuda do co-piloto, o piloto do Can Am X3 teve um desempenho irrepreensível na segunda etapa. O seu comportamento em pista fê-lo subir de terceiro a primeiro e conquistar a vitória. João Dias deixou Nelson Caxias em segundo, a apenas 23 segundos de distância. Alexandre Pinto completou o pódio a 59 segundos do vencedor.

«A corrida acabou por correr bem. Parabéns à organização. Depois da situação do fim-de-semana passado, fizeram aqui um excelente trabalho. A pista estava bem marcada e os perigos todos muito bem assinalados. Por isso, nós pilotos só temos a agradecer pelo óptimo trabalho», disse o vencedor, João Dias.

PORTUGUESES DOMINAM TAÇA DO MUNDO E EUROPEU

Nas classificações exclusivas da Taça do Mundo FIM de Bajas e do Europeu, os pilotos portugueses também estiveram em destaque. Sebastian Buhler foi o mais forte na principal competição internacional para a qual a Baja TT do Pinhal pontuava. No Europeu, Adam Tomiczek fez frente ao poderio luso e triunfou.

Nos quads, mais uma vez foram os portugueses a ditar as leis. Neste particular, o campeão nacional, Luís Engeitado, não deu hipóteses e venceu para a Taça do Mundo FIM de Bajas e para o Europeu. O mesmo aconteceu nos SSV, em que João Dias juntou a vitória absoluta, ao primeiro lugar para as duas competições internacionais que estavam em jogo na Baja TT do Pinhal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: