Bruno Magalhães lidera Terras D’Aboboreira

Piloto de Lisboa foi o mais rápido no primeiro dia da prova do Clube Automóvel de Amarante disputado na região do Marão, deixando na segunda e terceira posição, respectivamente, José Pedro Fontes e Armindo Araújo.

(auto.look2010@gmail.com)

Ao volante de um Hyundai i20 R5, Bruno Magalhães terminou o primeiro de dois dias do Rali Terras d’Aboboreira na frente da classificação, após três especiais disputadas desta sétima prova do Campeonato de Portugal de Ralis.

O piloto da Hyundai, terceiro no campeonato, venceu dois dos três troços disputados esta sexta-feira, terminando com 1,6 segundos de avanço para José Pedro Fontes (Citroën C3 R5) e 8,7 segundos para Armindo Araújo (Hyundai i20 R5).

O dia ficou marcado pelo despiste de Miguel Correia, ainda no “shakedown”, que viu o seu Ford Fiesta R5 ser consumido pelas chamas. Nem piloto nem navegador, Pedro Alves, sofreram ferimentos.

Devido ao despacho conjunto dos Ministérios da Administração Interna e da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, a décima especial da prova, no Marão, com 17,32 quilómetros, foi cancelada. O restante percurso, por se disputar em asfalto, foi mantido.

Refira-se que o Rali Terras d’Aboboreira é uma prova pontuável para o Campeonato de Portugal de Ralis, decorre esta sexta-feira e sábado nos concelhos de Amarante, Baião e Marco de Canaveses.

Para este sábado estão previstos seis provas especiais. A caravana arranca de Marco de Canavezes (9h40) para cumprir uma dupla passagem pelas especiais de Marco Rios de Emoção (10,95 km – 10h05 e 13h20), Baião Vida Natural (10,36 km – 10h50 e 14h05) e Carvalho de Rei (11,21 km – 11h45 e 15h00), havendo uma passagem pelo Parque de Assistência (12h40 – 13h10) a separar as duas passagens. Com o cancelamento da passagem por Marão, que seria a a especial mais extensa e que poderia provocar alterações na classificação, a caravana ruma a Baião (19h40) para a consagração dos vencedores.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação