Bruno Magalhães lidera “Casinos do Algarve”

Piloto de Lisboa está a ser um estratega na abordagem do Rali Casimos do Algarve, criando algumas dores de cabeça ao algarvio com Ricardo Teodósio, apostado em lograr o triunfo absoluto no Campeonato de Portugal de Ralis.

PEDERO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Cumprida a dupla passagem pelas especiais de Portimão (9,30 km) e Chilrão (20,14 km), Bruno Magalhães (Hyundai i20 R5) comanda o Rali Casinos do Algarve com 3 segundos de vantagem sobre Ricardo Teodósio (Skoda Fabia R5), que estreia a mais recente evolução do carro checo e que está no lugar que necessita para conquistar o título de campeão nacional.

A prova algarvia começou sob o domínio de José Pedro Fontes (Citroen C3 R5), o mais rápido na dupla passagem por Portimão e pela primeira pelo Chilrão, mas, na segunda, o piloto da marca francesa perdeu 9,6” para o piloto do construtor sul-coreano e caiu de primeiro para terceiro, atrás de Ricardo Teodósio, que está a gerir a prova para concretizar o seu objectivo: a conquista do ceptro.

Armindo Araújo (Hyundai i20 R5), o quarto candidato ao título é quinto, e longe de poder revalidar o título, que seria o sexto, atrás do madeirense Alexandre Camacho (Skoda Fabia R5) que tem vindo a aumentar o ritmo e parece disposto a entrar na luta por um lugar no pódio.

O outro madeirense presente, Pedro Paixão (Skoda Fabia R5), começou bem, ao ser terceiro na classificativa de abertura, mas um furo na segunda relego-o para o 17.º lugar, mas, na segunda passagem pelas duas especiais do dia, recuperou até ao oitavo lugar.

Em termos de Campeonato do Sul de Ralis, Mário Marreiros (Mitsubisihi Lancer IX) foi o mais rápido nas duas primeiras classificativas, as passagens por Portimão e Chilrão, e angariou uma vantagem de 6,4” sobre o espanhol Carlos Rodriguez (Mitsubishi Lancer IX), com João Bica (Mitsubish Lancer IX) a completar o pódio.

A partir das 21.00 tem lugar a Super Especial de Lagos (1,60 km) que fecha o primeiro dia da competição algarvia

CAMPEONATO DE PORTUGAL

CLASSIFICAÇÃO, APÓS QUATRO ESPECIAIS

1.º Bruno Magalhães/Hugo Magalhães (Hyundai i20 R5), 33’43,7”

2.º Ricardo Teodósio/José Teixeira (Skoda Fabia R5 Evo), a 3,0”

3.º José Pedro Fontes/Inês Ponte (Citroen C3 R5), a 5,0”

4.º Alexandre Camacho/Jorge Henriques (Skoda Fabia R5), a 12,3”

5.º Armindo Araújo/Luís Ramalho (Hyundai i20 R5), a 29,1”

6.º Pedro Meireles/Mário Castro (VW Polo GTi R5), a 40,2”

7.º Robert Blach/Jose Murado (Citroen DS3 R5), a 1’10,5

8.º Pedro Almeida/Miguel Ramalho (Skoda Fabia R5), a 1’32,6”

9.º Miguel Correia/Pedro Alves (Skoda Fabia R5), a 2’25,6”

10.º António Dias/Nuno Rodrigues da Silva (Skoda Fabia R5), a 3’40,3”

Campeonato do Sul

Classificação, após duas especiais

1.º Márcio Marreiros/Rui Serra (Mitsubishi Lancer IX), 18’13,7”

2.º Carlos Rodriguez/Esteban Gutierres (Mitsubishi Lancer IX), a 6,4”

3.º João Bica/Carlos Santos (Mitsubishi Lancer IX), a 13,5”

4.º Ricardo Filipe/Fernando Almeida (Mitsubishi Lancer VI), a 37,7”

5.º Luís Mota/Alexandre Ramos (Mitsubishi Lancer VI), a 1’12,5”

6.º Vítor Vilela/Edgar Gonçalves (Citroen C2 R2), a 1’28,1”

7.º João Monteiro/Gonçalo Assunção (Renault Clio RS), a 1’38,8”

8.º Richard Hall/Rory Kennedy (Ford Escort RS 1800), a 1’57,1”

9.º Manuel Pinto/Luís Boiça (Skoda Fabia R2), a 2’02,7”

10.º Rui Rijo/João Borrega (Mitsubishi Lancer VI), a 2’25,3”

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação