Bruno Magalhães assume liderança na Madeira

Piloto de Lisboa, navegado por Carlos Magalhães e que tinha começado o dia na frente, mas cedeu o comando a Alexandre Camacho (Skoda Fabia Rally2), regressou ao topo no Rali Vinho Madeira no final do dia de prova.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

A chuva e o nevoeiro marcaram presença na segunda passagem pelas especiais da Boaventura e Cidade de Santana e proporcionaram uma “revolução” na classificação, com Bruno Magalhães (Hyundai i20 N Rally2), a terminar o dia na frente, beneficiando do facto de ter apanhado menos chuva que os seus adversários na passagem por Cidade de Santana.

O aumento da intensidade da chuva penalizou, entre outros, Miguel Nunes (Skoda Fabia Rally2 Evo) e Alexandre Camacho (Skoda Fabia Rally2 Evo) que perderam 34.3” e 23,3”, respectivamente, para o piloto do Hyundai, diferenças de tempo que, em condições normais não se verificariam.

Como consequência, Bruno Magalhães vai arrancar, este sábado, com 8 segundos de vantagem sobre Alexandre Camacho, diferença de tempo que Alexandre Camacho, tirando partido do profundo conhecimento do terreno, pode neutralizar e tornar-se no primeiro piloto a somar a quinta vitória na principal prova madeirense, algo que Bruno Magalhães também procura.

O mau tempo de Miguel Nunes fê-lo cair de terceiro para quinto, com José Pedro Fontes (Citroen C3 Rally2) a ascender ao derradeiro lugar do pódio, e Armindo Araújo (Skoda Fabia Rally2 Evo), que está a fazer uma prova táctica com o pensamento no campeonato, ao quarto posto.

Para esse sábado fica o “assalto” de Alexandre Camacho ao comando e a luta pelo terceiro lugar com José Pedro Fontes a arrancar com 8,6 segundos de avanço sobre Armindo Araújo e 18,5 segundos sobre Miguel Nunes, diferenças neutralizáveis naquilo que falta percorrer

A prova madeirense ruma esse sábado à zona oeste da ilha, com uma dupla passagem pelas especiais de Câmara de Lobos (10,32 km), Ponta do Sol (8,00 km), Ponta do Pargo (9,77km) e Rosário (11,37 km), o que totaliza 78,92 km de provas de classificação, quilometragem bastante inferior ao percorrido hoje (103,56 km).

Classificação após nove especiais – 1.º Bruno Magalhães/Carlos Magalhães (Hyundai i20 N Rally2), 1.08’13,9”; 2.º, Alexandre Camacho/Pedro Calado (Skoda Fabia Rally2 Evo), a 8,0”; 3.º, José Pedro Fontes/Inês Ponte (Citroen C3 Rally2), a 24,8”; 4.º, Armindo Araújo/Luís Ramalho (Skoda Fabia Rally2 Evo), a 33,4”; 5.º, Miguel Nunes/Roberto Castro (Skoda Fabia Rally2 Evo), a 43,3”; 6.º, Bernardo Sousa/Vítor Calado (Citroen C3 Rally2), a 1’04,5”; 7.º, Ricardo Teodósio/José Teixeira (Hyundai i20 N Rally2), a 1’40,5”; 8.º, Miguel Correia/Jorge Eduardo Carvalho (Skoda Fabia Rally2 Evo), a 1’57,9”; 9.º Pedro Meireles/Paulo Alves (Hyundai i20 N Rally2), a 2’12,6”; 10.º, Simone Campedelli/Tania Canton (Skoda Fabia Rally2 Evo), a 2’53,3”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.