Bruna Antunes na Taça do Mundo Bajas 2021

Com as cores da Gas-Gas, a campeã nacional de Enduro de 2017 participou também em provas do Nacional TT em 2020 e na entrada deste novo ano procura ainda encontrar o “budget” necessário para a alinhar no mundial da especialidade.

(auto.look2010@gmail.com)

Com uma carreira iniciada em 2017 no pelotão do Campeonato Nacional de Enduro, Bruna Antunes, de 22 anos de idade, quer alargar os seus horizontes com o pensamento de alinhar na Taça do Mundo de Bajas, série que realiza duas das suas cinco provas em solo português.

Agora com as cores da Gas-Gas a campeã nacional de Enduro de 2017 participou também em provas do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno em 2020 e, na entrada deste novo ano, procura ainda encontrar o “budget” necessário para a alinhar no Mundial.

«Tenho o sonho de fazer o Campeonato Mundial de Bajas e ganhá-lo na categoria de Senhoras e Juniores! O ano de 2020 foi um ano muito difícil para todos e não me foi possível concretizar esse sonho, mas temos de lutar pelos nossos sonhos e decidi fazê-lo em 2021. Já consegui reunir alguns apoios, mas ainda estou muito longe de conseguir o valor necessário para poder participar em todas as provas. Gostava de poder contar com o apoio de todos para tornar este sonho realidade e levar o nome de Portugal ao lugar mais alto do pódio», afirmou a jovem piloto.

De forma a encontrar os apoios necessários para alcançar a participação nas provas, a jovem piloto da Quinta do Conde lançou mesmo uma campanha de angariação de fundos que pode ser encontrada aqui. O objectivo desta campanha “contra o tempo” é “descobrir” os 24 mil euros necessários para suportar as despesas do referido campeonato.

O Campeonato do Mundo de Bajas é composto por cinco provas: Dubai; Portugal (Pinhal); Hungria; Espanha e finalmente Portugal (Portalegre). A logística associada a provas de vários dias é muito complexa e requer meios e despesas avultadas, tais como viagens e estadias para a equipa, transportes de motos e materiais, inscrições, licenças, preparação das motos, GPS, Torre de Navegação e toda a assistência no local.

Do palmarés de Bruna Antunes fazem parte, em 2020, do terceiro lugar no Campeonato Nacional de Enduro – Senhoras, 11.ª no Campeonato do Mundo de Enduro – Feminino e vitória na Baja TT de Reguengos – Senhoras. Em 2019, terminou no terceiro lugar no Campeonato Nacional de Enduro – Senhoras, sexta nos International Six Days Enduro (ISDE) da selecção nacional feminina e segunda na II Enduro Internacional Feminino.

Em 2018, a jovem piloto terminou em terceiro lugar no Campeonato Nacional de Enduro – Senhoras e sexta no International Six Days Enduro (ISDE), na selecção nacional Feminina. No ano de estreia, em 2017, sagrou-se campeã nacional de Enduro – Senhoras, logrou o triunfo no I Enduro Internacional Feminino e terminou no sétimo lugar no International Six Days Enduro (ISDE, na selecção nacional Feminina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *