Brilhante vitória de Filipe Albuquerque

Piloto de Coimbra é cada vez mais líder do European Le Mans Series, ao conseguir conseguiu mais uma brilhante vitória este sábado que teve lugar no circuito francês de Paul Ricard.

(auto.look2010@gmail.com)

O piloto português saiu da “pole posotion”, chegou a estar no 12.º lugar da classificação depois de uma má decisão em termos de estratégia e chegou a duas voltas do final no segundo posto. Uma exímia ultrapassagem, a 4 minutos do cair do pano, levou-o ao lugar mais alto do pódio. Um resultado brilhante, numa corrida imprópria para cardíacos mas que coloca Filipe Albuquerque e Phil Hanson cada vez mais líderes do European Le Mans Series (ELMS).

No final da prova, Filipe Albuquerque nem conseguia acreditar no desfecho conseguido mas que só se alcança quando não se desiste e se acredita até ao final: «Depois de termos errado na estratégia e de vermos a “pole position” traduzida num 12.º lugar, achámos que não seria possível. Foi um balde de água fria, mas não deitámos a toalha ao chão e focámo-nos em conseguir o melhor resultado possível, a pensar nas contas do Campeonato. Mas, as coisas começaram a acontecer e a determinada altura percebi, com o andamento que tínhamos, que talvez conseguíssemos minimizar os estragos mas nunca pensei chegar á vitória», sustentou o piloto de Coimbra.

O embaixador do Clube Automóvel do Centro encetou uma luta sem precedentes e foi ganhando metros atrás de metros, volta a volta: «Quando cheguei à traseira do Vergne, que liderava a prova, nem queria acreditar. Pressionei o mais que pude para fazê-lo cometer erros. Ele manteve-se forte mas numa dobragem arrisquei e consegui uma ultrapassagem espectacular. Foi um alívio daqueles. Depois foi cruzar a meta e festejar este vitória que achei ser impossível. Nem tenho palavras para descrever tudo o que aconteceu. Estou muito feliz por mim, pelo Phil que teve uma condução brilhante em condições difíceis e pela equipa, que nunca desistiu», concluiu o piloto de Coimbra.

Perante este cenário brilhante, Filipe Albuquerque e Phil Hanson, aos comandos do Oreca com o número 22 da United Autosports, consolidam a liderança do campeonato numa fase importante quando faltam duas corridas para o final da época: Monza e Portimão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: