Brad Freeman já vence no Marco de Canaveses

No primeiro dia do Enduro GP de Portugal, o goiense Diogo Ventura (Beta), foi 9.º em Enduro 1, Luís Oliveira (Yamaha) foi 11.º em Enduro 1, enquanto Joana Gonçalves (Husqvarna) foi sexta na classificação feminina, na frente de Rita Vieira (Yamaha). Bruna Antunes (Gas Gas) foi nona.

(auto.look2010@gmail.com)

O britânico Brad Freeman (Beta) venceu o primeiro de dois dias do Enduro GP de Portugal, prova de abertura deste campeonato do mundo de motociclismo.

«Foi um dia positivo, comecei a ganhar a primeira especial e, depois, consegui uma primeira volta forte», disse o piloto britânico, que terminou o primeiro dia com o tempo de 1h08m49,71s, deixando o segundo classificado, o britânico Steve Holcombe (Beta), a 35,90 segundos. O espanhol Josep Garcia (KTM) foi terceiro, a 52,60 segundos.

Integrado no principal pelotão do campeonato, EnduroGP, Diogo Ventura, do Góis Moto Clube, fez um dia em pleno e terminou na 27.ª posição da geral entre os 41 pilotos da categoria, sendo também o nono na classe Enduro 1 e o melhor português em prova.

Luís Oliveira (Yamaha) foi 11.º em Enduro 1, enquanto Joana Gonçalves (Husqvarna) foi sexta na classificação feminina, na frente de Rita Vieira (Yamaha). Bruna Antunes (Gas Gas) foi nona.

No Open (segunda categoria mais importante), a vitória sorriu ao português Gonçalo Reis (Gas Gas), com outro português, Vítor Queirós (Husqvarna) na terceira posição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *