Brabec e Sainz conservam comando

O australiano Toby Price (KTM), nas motos, e o espanhol Carlos Sainz (Mini), automóveis, foram os mais rápidos no Sector Selectivo (SS) e os primeiros a registarem duas vitórias este ano. Já Pedro Bianchi Prata, que navega o zimbabuano Conrad Rautenbach (PT-Sport) nos SSV, esteve perto de vencer o SS, tendo terminado na terceira posição e ascendido ao sexto lugar da geral.

PEDRO RORIZ E CARLOS SOUSA (auto.look2010@gmail.com)

Nas motos, o australiano Toby Price (KTM), vencedor da edição anterior, esteve imparável ao comandar o SS de fio a pavio, o que lhe permitiu ascender ao segundo lugar a 9m06s do norte-americano Ricky Brabec (Honda) que conserva o comando pelo terceiro dia consecutivo.

De fora ficou o inglês Sam Sunderland (KTM), sexto da geral, vitima de uma queda ao km 187, quando era segundo a 47” de Toby Price, que lhe provocou dores lombares e problemas no ombro esquerdo que o levaram a renunciar.

A recuperar continua o português Paulo Gonçalves (Hero) que depois de ter sido quarto, ontem, foi sétimo hoje, mostrando que sem o problema de motor, que o obrigou a ficar parado cerca de seis horas, podia estar a lutar por um lugar no lote dos 10 primeiros. Com a classificação de hoje, Paulo Gonçalves subiu de 83.º para 58.º, entre os 113 pilotos ainda em prova.

Sebastian Bühler (Hero) foi 21.º e Joaquim Rodrigues Jr. (Hero), que já não conta para a classificação geral, foi 25.º. Por seu turno, António Maio (Yamaha) foi penalizado com um minuto e terminou na 33.ª posição, dois lugares à frente de Mário Patrão (KTM). Fausto Mota (Husqvarna) sofreu uma queda e perdeu algum tempo, chegando ao final em 48.º.

Com estes resultados, o norte-americano Ricky Brabec (Honda) manteve a liderança da categoria das motos, com 9m06s de avanço sobre Toby Price, que ascendeu ao segundo lugar. O argentino Kevin Benavides (Honda) é terceiro, a 11m32s. Sebastian Búhler é 18.º, já a 1h44m57s do primeiro. António Maio é 33.º, com quase quatro horas de atraso, Fausto Mota 36.º e Mário Patrão 40.º.

CARLOS SAINZ LIDERA

PELO TERCEIRO DIA CONSECUTIVO

Nos automóveis houve a confirmação que o espanhol Carlos Sainz (Mini), vencedor do Sector Selectivo e que tal como Ricky Brabec, nas motos, conservou o comando pelo terceiro dia consecutivo, o qatari Nasser Al-Attiyah (Toyota) e o francês Stéphane Peterhansel (Mini), que é navegado pelo português Paulo Fiúza, são os três candidatos aos lugares do pódio final, tendo, tal como ontem, quando o francês foi o mais rápido, sido os mais velozes no SS.

Desta feita, um furo atrasou o francês que perdeu mais de seis minutos para o espanhol, estando agora a mais de 15 minutos do comandante. O piloto madrileno só na parte final do SS assegurou o primeiro lugar, sendo o primeiro a vencer por duas vezes este ano, com o Nasser Al-Attiyah a não resistir ao ataque do seu adversário.

O antigo bicampeão de ralis até alargou a vantagem graças à vitória na especial de 353 quilómetros, entre Al-Ula e Hail, na Arábia Saudita. Carlos Sainz gastou 3h52m01s, deixando o qatari Nasser AL-Attiyah (Toyota) na segunda posição, a 2m56s.

RICARDO E MANUEL PORÉM

COM O DIFERENCIAL CENTRAL PARTIDO…

Dificuldades, de novo, para o leiriense Ricardo Porém (Borward). Depois de ter furado por quatro vezes na véspera e perdido muito tempo, o piloto apoiado pela Bomcar e navegado pelo irmão Manuel, voltou a parar hoje ao km 163, com o diferencial central partido, obrigando-o a perder mais tempo, uma vez que teve de esperar pela assistência a fim de ser rebocado até ao Bivouac. Tratou-se de uma situação madrasta ara a dupla de Leiria que, assim, ficou automaticamente fora da prova.

Contudo, nem tudo está perdido, uma vez que existe a possibilidade de Ricardo e Manuel Porém accionarem o seu “Joker” e regressarem às pistas em modo de “Dakar Experience”, embora não contando para a classificação principal.

Perante este cenário, a decisão apenas será tomada esta sexta-feira pela equipa, ficando assim em aberto o regresso da sétima etapa (domingo), após o dia de descanso marcado para sábado.

Por sua vez, Filipe Palmeiro, que navega o letão Benediktas Vanagas (Toyota), levou o seu piloto ao 17.º tempo no SS, que permitiu à dupla passar a fechar o lote dos 10 mais rápidos.

Nos SSV, o zimbabueano Conrad Rautenbach, que é navegado por Pedro Bianchi Prata (PH-Sport), esteve sempre na luta pelo primeiro lugar, e, já na segunda parte do SS, estava na frente, mas na parte final foi surpreendido pelo francês Cyril Després (Red Bull Off-Road Team USA), com 41 segundos de vantagem sobre o polaco Aron Domzala (Cam-Am) e 4m14s para Conrad Rautenbach e Pedro Bianchi Prata.

6.ª ETAPA ANTECEDE DIA DE DESCANSO

Para esta sexta-feira, disputa-se a sexta etapa do Dakar. Trata-se do derradeiro Sector Selectivo antes do dia de descanso em Riyadh, capital da Arábia Saudita. A partida será dada em Hà’il, com o SS a ter uma extensão de 477 km, com muita areia, 71%, o que pode significar “atascanços” para os mais imprevidentes, a que se juntam 19% de dunas, algumas com descidas perigosas e 8% de terra

CLASSIFICAÇÕES

5.ª ETAPA (353 KM)

MOTOS – 1.º, Toby Price (KTM), 3.57’33”; 2.º, Pablo Quintanilla (Husqvarna), a 1’12”; 3.º, Andrew Short (Husqvarna), a 2’31”; 4.º, Ricky Brabec (Honda), a 3’03”; 5.º, Matthias Walkner (KTM), a 6’54”; 6.º, Joan Barreda Bort (Honda), a 9’07”; 7.º, Ross Branch (KTM), a 9’42”; 8.º, Luciano Benavides (Honda), a 10’33”; 9.º, Kevin Benavides (Honda), a 12’05”; 10.º, Paulo Gonçalves (Hero), a 13’15”; …; 21.º, Sebastian Buhler (Hero), a 23’33”…; 32.º, António Maio (Yamaha), a 41’09”; …; 35.º, Mário Patrão (KTM), a 49’37”; …; 44.º, Fausto Mota (Husqvarna), a 1.00’35”; …;

AUTOMÓVEIS – 1.º, Carlos Sainz/Lucas Cruz (Mini), 3.52’01”; 2.º, Nasser Al-Attiyah/Mathieu Baumel (Toyota), a 2’56”; 3.º. Stéphane Peterhansel/Paulo Fiúza (Mini), a 6’11”; 4.º, Yazzed Al-Rahji/Konstantin Zhiltsov (Toyota), a 8’29”; 5.º, Orlando Terranova/Bernardo Graue (Mini), a 8’52”; 6.º, Giniel De Villiers/Alex Haro (Toyota), a 11’46”; 7.º, Fernando Alonso/Marc Coma (Toyota), a 12’23”; 8.º, Yasir Seaidan/Kuzmich Alexy (Mini), a 12’39”; 9.º, Jakub Przygonski/Timo Gottschalk (Orlen), a 12’47”; 10.º, Mathieu Serradori/Fabian Lurquin (Centuri), a 17’49”; … ; 17.º, Benediktas Vanagas/Filipe Palmeiro (Toyota), a 32’50”

SSV – 1.º Cyril Després/ M. Horn (OT3), 4h40m43s; 2.º, Aron Donzala/Maciej Martin (Can-Am), a 41s; 3.º, Conrad Rautenbach/Pedro Bianchi Prata (PH-Sport), a 4m14s; 4.º, Sergei Kariakin/Anton Vlasiuk (Can-Am), a 9’50”; 4.º, Casey Currie/Sean Berriman (Can-Am), a 12’12”; 5.º, Austin Jones/Kellon Walch (Cam-Am), a 12’59”

GERAL

MOTOS – 1.º, Ricky Brabec (Honda), 19.07’19”; 2.º, Toby Pryce (KTM), a 9’06”; 3.º, Kevin Benavides (Honda), a 11’32”; 4.º, Pablo Quintanilla (Husqvarna), a 16’01”; 5.º, Jose Cornejo (Honda), a 20’25”; 6.º, Matthias Walkner (KTM), a 30’54”; 7.º, Joan Barreda Bort (Honda), a 31’24”; 8.º, Luciano Benavides (KTM), a 34’00”; 9.º, Skyler Howes (Husqvarna) a 49’47”; 10.º, Stefan Svitko (KTM), 56’53”; …; 19.º, Sebastian Buhler (Hero), a 1.44’57”; …; 33.º, António Maio (Yamaha), a 3’44’34”; …; 36.º, Fausto Mota (Husqvarna), a 4’27’55”; …; 40.º, Mário Patrão (KTM), a 5.27’45”; …; 58.º, Paulo Gonçalves (Hero) a 7.57’42”

AUTOMÓVEIS – 1.º, Carlos Sainz/Lucas Cruz (Mini), 19.04’13”; 2.º, Nasser Al-Attiyah/Mathieu Baumel (Toyota), a 5’59”; 3.º Stéphane Peterhansel/Paulo Fiúza (Mini), a 17’53”; 4.º, Yazzed Al-Rahji/Konstantin Zhiltsov (Toyota), a 31’39”; 5.º, Orlando Terranova/Bernardo Graue (Mini), a 32’05”; 6.º, Mathieu Serradori/Fabian Lurquin (Century), a 44’44”; 7.º, Giniel De Villiers/Alex Haro(Toyota), a 46’26”; 8.º, Bernard Ten Brinke/Tom Colsoul (Toyota), a 1.04’54”; 9.º, Yasir Seaidan/Kuzmich Alexy (Mini), a 1.43’04”; 10.º, Benediktas Vanagas/Filipe Palmeiro (Toyota), a 2.08’09”.

SSV – 1.º, Sergei Kariakin/Anton Vlasiuk (Can-Am), 23.21’52”; 2.º, Casey Currie/Sean Berriman (Can-Am), a 1’10”; 3.º, Francisco Lopez/Juan Pablo Vinagre (Can-Am), a 1’47”; 4.º, Austin Jones/Kellon Walch (Can-Am), a 4’53”; 5.º, Mitchell Gunthrie/Ola Floene (Cam-Am), a 39’23; 6.º, Conrad Rautenbach/Pedro Bianchi Prata (PH-Sport), a 52’59”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: