“Boas hipóteses de Portugal continuar na F1”

Piloto australiano Daniel Ricciardo, da Renault, acredita nessa possibilidade, afirmando que «será uma grande corrida» e que todos «esperam voltar, talvez mais cedo, no próximo ano».

(auto.look2010@gmail.com)

O australiano Daniel Ricciardo disse esta quinta-feira que «há uma boa hipótese» de o Grande Prémio de Portugal continuar no calendário do Mundial de Fórmula 1 no próximo ano. Numa conferência de imprensa promovida pela marca francesa para os jornalistas portugueses, Daniel Ricciardo admitiu que «será uma grande corrida» e que todos «esperam voltar, talvez mais cedo, no próximo ano».

«Acho que há uma boa hipótese de continuar no próximo ano. Se correr bem e como todos os pilotos estão entusiasmados, isso pode ajudar», sublinhou o piloto da Renault, quarto classificado do Mundial, com 78 pontos, a 152 do líder, o britânico Lewis Hamilton. Daniel Ricciardo acredita que «todos os pilotos vão adorar a corrida portuguesa, porque a pista é muito bonita».

No entanto, apesar de já ali ter corrido há 11 anos, noutra categoria (GP2), o piloto australiano admite que «não será uma vantagem», pois «já passou muito tempo» e já não se recorda «do traçado». «Amanhã (hoje, sexta-feira), vou ter de decorar a pista outra vez, por isso não considero que seja uma vantagem já ter corrido aqui. Já passou muito tempo», sublinhou.

Daniel Ricciardo considera que este circuito «é semelhante ao de Mugello, em Itália», onde se disputou a corrida de que mais gostou este ano: «Parece-me semelhante a Mugello. Espero manter esta série de resultados, dentro do “top 6”. Já ficava feliz se terminasse nos seis primeiros», afirmou.

O australiano revelou ainda estar «a trabalhar em novos desenhos» para outra tatuagem ao patrão da equipa, o francês Cyril Abitboul, com quem apostou e ganhou na corrida anterior a realização de uma tatuagem à sua escolha: «Já estamos a trabalhar em novos desenhos. Deverá estar pronta em breve», brincou.

A Fórmula 1 Heineken Grande Prémio de Portugal é a 12.ª prova da temporada e disputa-se no Autódromo Internacional do Algarve, entre esta sexta-feira e domingo, 24 anos depois da última passagem do “Grande Circo” por Portugal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: