Bernardo Bello vence em Spa-Francorchamps

Piloto lusitano triunfou após duelo intenso com vários adversários. A competitividade do Super Seven by Toyo Tires ficou comprovada com o pódio ter sido ocupado na totalidade por plotos portugueses. J.J. Magalhães sai da “pole” para a derradeira corrida, a disputar amanhã.

(auto.look2010@gmail.com)

Foi absoluto o domínio nacional na primeira corrida da 7 Race Series, em Spa-Francorchamps. Num dos fins-de-semana mais animados no autódromo belga, as viaturas do Super Seven by Toyo Tires aqueceram os Spa Summer Classic, com 26 pilotos portugueses na grelha de partida.

José Carlos Pires saiu da “pole”, mas numa corrida que contou com dois momentos de “safety car” acabou por ser Bernardo Bello a gerir melhor as interrupções, triunfando na primeira corrida do fim-de-semana.

Num circuito onde os cones de aspiração são fator preponderante para o resultado final, o início de corrida foi animado com muitas ultrapassagens. A competitividade dos Caterham acaba por vir ao de cima quando, em pista, estão talentosos pilotos e, quem hoje assistiu à Corrida 1 dos Super Seven by Toyo Tires, só pode estar satisfeito com o espetáculo proporcionado pelas 57 viaturas, sempre que o Safety Car não esteve no circuito.

Depois de ontem ter sido o mais rápido na primeira sessão de qualificação, José Carlos Pires saiu da frente e mostrava-se confiante num bom resultado. Com diversos adversários de grande talento e qualidade, o início de corrida foi agitado na frente com duas voltas de muita ação.

Gonçalo Lobo do Vale liderava a corrida aquando da entrada do “safety car”, mas no reinício da corrida acabou por não suster a pressão dos adversários, perdendo a frente da corrida para Bernardo Bello. Daí em diante, Bernardo Bello e Diogo Tavares travaram uma interessante luta na frente da corrida, revezando-se na liderança.

Já perto do final dos 30 minutos de corrida, a sessão foi interrompida com bandeira vermelha e o triunfo acabou por sorrir a Bernardo Bello, com Diogo Tavares a ser segundo (a 0,504 segundos) e com José Carlos Pires (a 1,117 segundos) a completar um pódio totalmente luso. No final da corrida, Bernardo Bello estava muito satisfeito com a vitória alcançada.

«Foi uma corrida com um início atribulado, mas na frente a luta estava controlada e sem incidentes. No arranque consegui manter a minha posição e decidi gerir a corrida para a luta final, optando por uma toada de contenção. Já perto do final, eu e o Diogo Tavares travámos uma luta pela liderança mas também com o objetivo de descolarmos dos pilotos que rodávamos atrás de nós. Esta foi uma vitória merecida, fruto de muitos meses de trabalho de todos os membros da equipa CRM Motorsport e que nos dá muita motivação. Agora vamos saborear esta vitória antes de lutarmos pelo melhor resultado possível na corrida de amanhã, sublinhou o piloto vencedor.

Lobo do Vale, que liderou na primeira parte da corrida, foi quarto e Nuno Afonso completou o “top 5”, registando ainda a melhor volta em corrida (2m43,754s). J.J Magalhães (7.º), Luís Lourenço (8.º), Paulo Macedo (12.º) e João Aguiar-Branco (16.º) foram os pilotos portugueses a terminar esta corrida dentro do “top 20”. André Matos venceu na classe Gentleman, com Mário Melo e Ricardo Pedrosa a completar o pódio.

Luís Lisboa, Tomás Guedes, Nelson Gomes e Luís Calheiros sofreram incidentes na corrida, enquanto Paulo Costa não arrancou para a primeira corrida do fim-de-semana. Os restantes portugueses em prova terminaram nas seguintes posições da Geral: Duarte Lisboa (24.º), Ivo Prada (35.º), José Almeida (37.º) e Paulo Duarte (50.º).

DUPLA PORTUGUESA LUTOU PELO PÓDIO NOS 1600

Gonçalo Nobre da Veiga e Miguel Ferreira são os dois pilotos portugueses inseridos na classe 1600 da 7 Race Series e os representantes do Super Seven by Toyo Tires nesta categoria. Com adversários estrangeiros de grande valor e qualidade, a dupla de pilotos nacionais tentou lutar pelos lugares do pódio nesta primeira corrida, acabando Gonçalo Nobre da Veiga por terminar na 5.ª posição entre os Caterham 1600. Miguel Ferreira foi 11.º à Geral entre os 1600.

Amanhã, pelas 8h55 (hora de Portugal Continental) disputa-se a segunda e derradeira corrida do fim-de-semana em Spa. J.J. Magalhães sai da “pole” para 30 minutos de ação que se esperam bastante animados.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.