Benavides dedica vitória a Paulo Gonçalves

O argentino Kevin Benavides (Honda) dedicou esta terça-feira a vitória na nona etapa da 43.ª edição do Rali Dakar ao malogrado Paulo Gonçalves, falecido há um ano durante a sétima etapa da edição passada da prova.

(auto.look2010@gmail.com)

Numa nota publicada na sua conta da rede social de Facebook, Kevin Benavides disse que a vitória na etapa desta terça-feira «foi em honra» do «amigo Paulo Gonçalves, “Speedy”, que faleceu há precisamente um ano». «Sinto muito a falta dele. Queria vencer a etapa e dedicar-lhe a vitória», sublinhou Kevin Benavides, que soube, à chegada a Neom, da desistência do irmão, Luciano (Husqvarna), na sequência de uma queda.

Kevin Benavides deixou, ainda, uma mensagem de «força» ao australiano Toby Price (KTM), que desistiu também em sequência de queda: «Muitos pilotos caíram durante esta especial», notou o piloto argentino, considerando a tirada «longa, difícil, técnica, com muita navegação e muito difícil».

Esta terça-feira foram várias as homenagens ao piloto português. Toby Price, que no ano passado foi o primeiro a chegar junto de Paulo Gonçalves após a queda, alinhava na etapa de hoje com um capacete ostentando a alcunha do piloto português (“Speedy”).

Já os quatro pilotos da equipa oficial da Honda, gerida por Ruben Faria, vestiram casacos com o nome de Paulo Gonçalves escrito nas costas. Kevin Benavides terminou lembrando que «tudo pode acontecer» numa prova destas, que termina dia no 15, em Jeddah, na Arábia Saudita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *