Ben Sulayem substitui Jean Todt na FIA

Mohammed Ben Sulayem, dos Emirados Árabes Unidos, tornou-se o primeiro não-europeu a ser eleito presidente da Federação Internacional do Automóvel, ao derrotar na corrida eleitoral o britânico Graham Stoker.

(auto.look2010@gmail.com)

Mohammed Ben Sulayem, dos Emirados Árabes Unidos, tornou-se o primeiro não-europeu a ser eleito presidente da Federação Internacional do Automóvel (FIA), sucedendo ao francês Jean Todt, ao derrotar na corrida eleitoral o britânico Graham Stoker.

Na eleição, que decorreu em Paris, durante a Assembleia Geral anual da entidade máxima do desporto automóvel, Mohammed Ben Sulayem, natural do Dubai, recolheu 61,62% dos votos, contra 36,62% do opositor. Ben Sulayem, de 60 anos, antigo piloto de ralis, tendo conquistado por 14 vezes o título de campeão do Médio Oriente, substitui na liderança da FIA Jean Todt, que esteve 12 anos no cargo.

Apesar de ser, até aqui, vice-presidente da FIA, Ben Sulayem anunciou, durante a campanha, ser o rosto da rutura com o passado, face a Graham Stoker, de 69 anos, que era o braço-direito de Jean Todt. O novo presidente pretende modernizar a FIA, organismo criado em 1904, e torná-la mais transparente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *