Hugo Basaúla foi rei e senhor em Santo André

Conhecido pela sua bem sucedida carreira nas pistas do Motocross e Supercross, Hugo Basaúla juntou este domingo, em Vila Nova de Santo André, mais uma vitória ao seu vasto palmarés ao subir pela primeira vez ao degrau mais alto do pódio no “Nacional” de Enduro – CFL.

(auto.look2010@gmail.com)

Naquela que foi a sua terceira prova na disciplina, Hugo Basaúla (“Basa”), assegurou a vitória apenas na derradeira das 12 especiais que os pilotos realizaram ao longo das quatro voltas ao percurso desenhado pelo Motor Sport de Santo André que, pelo terceiro ano consecutivo, foi anfitrião na abertura do campeonato.

Com 192 pilotos em prova, a jornada mais a sul do Campeonato Nacional mostrou-se bastante emotiva e competitiva, com quatro pilotos a conseguirem vencer especiais: Rui Gonçalves, Diogo Vieira, Diogo Ventura e Hugo Basaúla.

Vencedor nas areias de Vila Nova de Santo André no passado ano ex-vice campeão do mundo de motocross foi no entanto quem mais especiais venceu – num total de oito – mas uma penalização de um minuto num dos controles deixou Rui Gonçalves fora da luta pela primeira posição, que acabou por ficar nas mãos de Diogo Ventura e Hugo Basaúla.

Estes entraram na derradeira passagem pelas especiais separados por escassos dois segundos, diferença que “Basa” anulou na sua única vitória do dia, assegurando na última especial – ganha por Rui Gonçalves – a vitória final ao bater de novo Diogo Ventura e vencer pela primeira vez uma prova de Enduro. Pelo terceiro ano, Vila Nova de Santo André teve um vencedor distinto, juntando-se Hugo Basaúla a Luís Correia e Rui Gonçalves, os vencedores em 2018 e 2019 respectivamente.

A próxima prova do campeonato levará a caravana até às margens do Douro quando nos dias 15 e 16 de Fevereiro a caravana realizar a primeira dupla jornada do ano em Peso da Régua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: