Barreda vence e De Soultrait lidera nas motos

Joaquim Rodrigues Jr. conseguiu o melhor resultado para as cores lusas ao concluir a tirada na sexta posição.

(auto.look2010@gmail.com)

Joan Barreda (Honda) venceu hoje a quarta de 12 etapas da 43.ª edição do Dakar, que se disputa na Arábia Saudita, mas o novo líder é o francês Xavier de Soultrait (Husqvarna). O piloto espanhol concluiu os 337 quilómetros da especial de hoje, de um total de 813 da tirada, com o tempo de 2h46m50s e com 5m57s de vantagem sobre o piloto do Botswana, Ross Branch (Yamaha), que foi segundo. O australiano Daniel Sanders (KTM) foi o terceiro, a 6m09s.

Esta foi a segunda vitória do piloto espanhol na actual edição da prova, ele que integra a Honda oficial, dirigida pelo português Ruben Faria. O português Joaquim Rodrigues Jr. (Hero) conseguiu o melhor resultado para as cores lusas ao concluir a tirada na sexta posição, a 7m21s do vencedor.

O luso-germânico Sebastian Bühler (Hero) foi 24.º, a 17m19s do vencedor e duas posições atrás do australiano Toby Price (KTM), que tem alternado as vitórias nas etapas com Joan Barreda. Rui Gonçalves (Sherco) teve problemas no início da especial e perdeu mais de 40 minutos para o vencedor.

Na geral, Joan Barreda, que foi o 30.º a partir para esta que era a etapa mais longa em quilometragem, está no segundo lugar, a apenas 15 segundos de Xavier de Soultrait, piloto de 32 anos, membro da nobreza francesa, que conta com o sétimo lugar de 2019 como melhor resultado na prova.

O argentino Kevin Benavides (Honda) é terceiro, a 3m24s. Joaquim Rodrigues Jr. é o melhor português, agora na 16.ª posição, a 19m36s do líder, enquanto Sebastian Bühler é 24.º e Rui Gonçalves 28.º.

Esta quinta-feira disputa-se a quinta etapa, entre Riade e Al Qaisumah, com um total de 662 quilómetros, 456 deles cronometrados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *